A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/04/2014 09:38

Produtores de MT vencem, de novo, concurso "Pé de Soja Solteiro"

Luciana Brazil
Estudantes fazem a contagem das vagens em concurso tradicional entre sojicultores, realizado em Laguna Carapã.  (Foto: Divulgação/Aprosoja)Estudantes fazem a contagem das vagens em concurso tradicional entre sojicultores, realizado em Laguna Carapã. (Foto: Divulgação/Aprosoja)

Em mais um ano consecutivo, agricultores de Mato Grosso ficaram com as três primeiras colocações da categoria nacional do concurso “Pé de Soja Solteiro”, que acontece há 17 anos em Laguna Carapã, a 287 quilômetros de Campo Grande.

Nesta categoria, disputaram produtores de Mato Grosso e também de Aral Moreira e Amambai, em Mato Grosso do Sul.

O produtor Nelson Roque Kappes, de Santa Carmen (MT), foi o grande vencedor. Ele apresentou um pé de soja com 10.449 vagens, 7.345 vagens a menos que o recordista mundial, o produtor de Mato Grosso, premiado na edição de 2011.

Em segundo lugar, ainda na categoria nacional, ficou o produtor Benedito Fortuna, também de Santa Carmen, com o pé de 8.818 vagens.

A terceira colocação ficou com Eloir Luiz, também da cidade de Santa Carmen, com um pé de 7.835 vagens.
Na categoria municipal, o primeiro lugar ficou com o tricampeão consecutivo Almir Batista, conhecido como “Miroca”. Ele apresentou um pé com 9.123 vagens.

O agricultor Eduardo de Oliveira, com de 7.302 vagens, e ficou em segundo lugar.

Maria de Lourdes dos Santos, com pé de 6.911 vagens, ficou na terceira colocação, seguida por Nilson Correa Marques, com 5.601 vagens. No quinto lugar ficou José Evaldo de Oliveira com um pé de 5.320 vagens.
Os dois primeiros colocados de cada categoria ganharam uma moto.

Alunos da Unigran (universidade da Grande Dourados) foram responsáveis pela contagem dos pés de soja inscritos no concurso. Cerca de 40 alunos participaram do evento.

No bingo realizado durante a festa, Francisco Pitol ganhou o grande prêmio, um carro zero quilômetro. Segundo secretário Municipal de Agricultura, Douglas Matzenbacher Ayala, só participam do bingo os produtores com inscrição estadual.

Conforme o secretário, a constante vitória dos produtores de Mato Grosso na categoria nacional se deve ao domínio da técnica utilizada na produção dos pés de soja. “Eles dominaram a técnica e são grandes produtores de soja, liderando a produção e usando tecnologia”, explicou Douglas.

Atualmente os pés têm a altura média de dois metros. Entretanto, no início da competição, na década de 90, a altura não ultrapassava 70 centímetros.

“Os pés cresceram devido ao tratamento dado na lavoura”, frisa o secretário.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions