A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/01/2015 11:46

Produtores ficam em alerta com a confirmação de 1º caso de ferrugem

Renan Nucci
Primeiro foco deixa agricultores e pesquisadores em alerta. (Foto: Divulgação)Primeiro foco deixa agricultores e pesquisadores em alerta. (Foto: Divulgação)

O primeiro caso confirmado de ferrugem da soja ou ferrugem asiática, deixa agricultores e pesquisadores de Chapadão do Sul, a 321 quilômetros de Campo Grande, em alerta. Há indícios de que outras regiões também tenham sido afetadas, embora não haja confirmação. Se o controle da doença não for feito da maneira correta, o agronegócio local pode ser comprometido.

O alerta já havia sido dado pelo pesquisador da Fundação Chapadão, Edson Borges. Ele disse que as condições climáticas eram propícias ao desenvolvimento fungo "Phakopsora pachyrhizi", responsável pela doença. Em dezembro do ano passado, a pesquisadora Alexandra Botelho procedeu o diagnostico do primeiro foco na safra 2014/15.

O monitoramento deve continuar. A Fundação dá as seguintes orientações: "usar misturas comerciais formadas por dois ou mais fungicidas com modo de ação distintos; Não utilizar mais que duas aplicações do mesmo produto em sequência e utilizar no máximo duas aplicações dos produtos contendo SDHI por cultivo; Os fungicidas devem ser usados preventivamente. Evitar aplicações em alta pressão de doença e de forma curativa; Incluir todos os métodos de controle de doenças, dentro do programa de manejo integrado", segundo a página oficial da entidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions