A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/12/2013 18:58

Produtores vencem duelo e comissão que tira poder da Funai é instalada

Lidiane Kober

Produtores rurais saíram vitoriosos de duelo com os indígenas na briga pela instalação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 215, que tira da Funai (Fundação Nacional do Índio) e dá ao Legislativo poder decisório na demarcação de terras.

Na tarde desta quarta-feira (11), cerca de 100 fazendeiros sul-mato-grossenses assistiram, em Brasília, a Câmara dos Deputados definir os integrantes da comissão, que analisará a PEC.

A presidência ficou, por acordo, com o ex-ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence (PT-BA), e a relatoria com o peemedebista Osmar Serraglio (PR), ex-relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Correios, de 2005.

A segurança foi reforçada para evitar o confronto entre produtores rurais e índios. Produtores vestiam camisas com os dizeres "Onde tem Justiça tem espaço para todos" e os índios traziam cartazes pedindo respeitos aos povos nativos.

“O poder de legislar é do Legislativo, acredito que os parlamentares vão mudar as normas e acabar com esse clima de conflito”, avaliou o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Chico Maia, que foi à Brasília acompanhar de perto o debate.

Agora, ele alerta sobre o risco de as invasões aumentarem como protesto dos índios à instalação da comissão para avaliar a PEC. “O governo está ciente do perigo e precisa fazer valer a força do Estado”, comentou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions