A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

22/01/2015 10:30

Programa de combate à fome atenderá 1.400 agricultores em MS

Caroline Maldonado
 Em janeiro, agricultores de diversas regiões do país receberão a primeira parcela dos recursos para investimento em seus projetos (Foto: Divulgação/MDA) Em janeiro, agricultores de diversas regiões do país receberão a primeira parcela dos recursos para investimento em seus projetos (Foto: Divulgação/MDA)

Neste ano, 1.400 agricultores familiares, em extrema pobreza, devem ser beneficiados por programa do Governo Federal, que prevê repasse de recursos financeiros, em Mato Grosso do Sul, por meio de parceria entre MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) e MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário).

O Programa de Fomento faz parte da inclusão produtiva rural do Plano Brasil Sem Miséria. Em janeiro, agricultores de diversas regiões do país receberão a primeira parcela dos recursos para investimento em seus projetos produtivos. Serão R$ 21,8 milhões para 22,5 mil famílias, segundo o MDA, que não informou o valor a ser repassado em Mato Grosso do Sul, pois as famílias ainda estão nas etapas do processo para aquisição do benefício.

De acordo como MDA, os agricultores participam de várias atividades e elaboram um projeto produtivo com apoio do serviço de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural). Os técnicos visitam as famílias e identificam as necessidades e potencialidades de cada uma. Em seguida, os produtores recebem os valores não reembolsáveis para investir em expansão da produção e aumento da qualidade do plantio e da criação de animais.

Até o início deste mês, conforme a assessoria de imprensa do MDA, ainda não havia sido feita nenhuma transferência de recursos do Programa de Fomento à agricultores extremamente pobres de Mato Grosso do Sul, no entanto as famílias já estão no processo para a captação dos recursos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions