A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/07/2009 08:32

Puccinelli faz ameaça à Funai e cobra informações

Redação

O governador André Puccinelli diz que vai reagir caso a Funai não cumpra imediatamente o acordo de repassar informações detalhadas sobre a retomada dos estudos antropológicos para demarcação de terras indígenas em Mato Grosso do Sul.

O trabalho deve recomeçar no dia 20, mas faltando cinco dias para o processo ser deflagrado na região sul, Puccinelli reclama que não recebeu qualquer dado solicitado previamente. Ele não diz que reação seria essa, mas diz que pode "perder a confiança" no órgão.

A transparência foi compromisso assumido pela Fundação do Índio, garante o governo, em reunião realizada em Brasília, pelo grupo de trabalho criado para acompanhar o processo.

"Teriam que repassar o cronograma dos trabalhos", cobra o governador que avisa: "assim vamos perder a confiança na Funai".

Puccinelli fala em nome da classe produtora que ter em mãos, antes da chegada dos profissionais que vão fazer as vistorias, o roteiro das equipes formadas para o estudo, os nomes dos integrantes e a localização e abrangência das áreas em questão.

Mato Grosso do Sul é apontado como "bola da vez", na polêmica disputa de terras entre índios e fazendeiros.

Depois de Raposa Serra do Sol, em Roraima, as atenções do governo federal e do Ministério Público Federal, estão voltadas para a região sul do Estado.

A reivindicação das comunidades guarani-kaiowá se arrasta há décadas, e do lado oposto estão proprietários rurais que tem a titularidade das áreas. Muitos chegaram a região incentivados pelo governo de Getúlio Vargas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions