A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/07/2015 13:59

Ração tecnológica prevê desmama precoce e ganho de peso do bezerro

A tecnologia desenvolvida pela Bellman foi pensando nas vacas primíparas, mas os bezerros também são beneficiados

Renata Volpe Haddad
Primeiro dia de Expocorte atrai muitos participantes e lotam estandes. (Foto: Marcos Ermínio)Primeiro dia de Expocorte atrai muitos participantes e lotam estandes. (Foto: Marcos Ermínio)

Desmama precoce do bezerro de até 90 dias de vida e com até sete arrobas, é um dos lançamentos da Expocorte etapa Campo Grande. Com esse procedimento, o bezerro após a desmama, engorda 30 kg a mais que o método convencional. O foco da tecnologia inovadora da Bellman, é na realidade a vaca, que volta para estação de monta mais rapidamente.

Dentro do conceito 7.7.7, que é um dos temas do Circuito Expocorte deste ano, a tecnologia entra na engorda das primeiras sete arrobas do animal. De acordo com o supervisor de treinamento técnico da Bellman, João Marcos Benatti, na maioria das vezes, quando o bezerro é desmamado, a tendência de engorda dele cai, porque só está acostumado a tomar leite.

"Quando se começa a introduzir um alimento concentrado na dieta do bezerro a partir de 20 dias de vida, se ele comer 800 gramas da suplementação, é o equivalente a seis litros de leite, falando nutricionalmente, e a partir dai ele engorda mais e pode ser desmamado mais cedo", explica.

Supervisor e zootecnista João Benatti explica que o foco da desmama precoce, é a vaca. (Foto: Marcos Ermínio)Supervisor e zootecnista João Benatti explica que o foco da desmama precoce, é a vaca. (Foto: Marcos Ermínio)

Porém, o alvo desta tecnologia são as vacas primíparas, ou seja, aquelas que apresentam 50% da taxa de prenhez baixa. Benatti comenta que neste tempo de 90 dias do bezerro no pé, a vaca ainda está no período reprodutivo. "O bezerro sendo desmamado, a energia que a vaca produzia para gerar o leite, ela destina para a reprodução, tornando mais rápido o ciclo de prenhez e dando mais lucro aos pecuaristas", ressalta.

Para uma vaca ciclar e emprenhar, ela precisa atender, através dos nutrientes ingeridos, uma escala de importância em sua exigência nutricional, que são a manutenção, lactação, crescimento e, por fim, reprodução.

O supervisor informa que esta técnica já é utilizada na Argentina e tentou ser usada no Pantanal sul-mato-grossense. "Há um tempo, os pecuaristas da região usaram a técnica, mas com desmama do bezerro em até 150 dias, só que as vacas já tinham saído do período de reprodução e acabou não dando certo", conclui.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions