A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/05/2016 11:33

Rally da Pecuária avalia pastagens e entrevista produtores de gado da região

Após passar por Cassilândia, Campo Grande e Naviraí, técnicos chegam nesta segunda-feira a Dourados e depois seguem para Aquidauana e Coxim

Helio de Freitas, de Dourados
Rally da Pecuária verifica qualidade de pastagens e conversa com produtores sobre rebanho (Foto: Eliel Oliveira)Rally da Pecuária verifica qualidade de pastagens e conversa com produtores sobre rebanho (Foto: Eliel Oliveira)

Após passar por Cassilândia, Campo Grande e Naviraí, o Rally da Pecuária chega nesta segunda-feira (2) a Dourados, município a 233 km de Campo Grande. De acordo com a assessoria da excursão, técnicos da equipe 4 visitam propriedades da região para avaliar pastagens e entrevistar produtores. Depois a equipe segue para Aquidauana e Coxim.

No campo, os técnicos fazem entrevistas qualitativas e quantitativas com produtores para levantar, entre outros dados, áreas de pastagem e de agricultura em cada propriedade, total de cabeças de gado, estratégias nutricionais, confinamento, índices de fertilidade, natalidade e mortalidade, manejo da sanidade do rebanho, uso de insumos tecnológicos nas pastagens (defensivos, corretivos e fertilizantes) e comercialização de animais.

Para levantar informações sobre a pecuária de corte brasileira, o rally fará visitas a 150 propriedades e pesquisas específicas. Nas pastagens, o foco será avaliar o índice de degradação e o manejo nos últimos anos.

O objetivo é definir um levantamento completo das áreas de cria, recria, engorda e confinamento. Após encerrar essa etapa, o Rally segue quarta-feira (4) para Rondonópolis (MT), quinta-feira para Barra do Garças (MT) e na sexta os técnicos chegam a Goiânia (GO), onde serão encerrados os trabalhos da equipe 4.

Conforme a assessoria do rally, as pesquisas feitas a campo ajudam a definir parâmetros para mais eficiência e preservar a renda de pecuaristas nos próximos anos. Além das entrevistas com produtores, o trabalho inclui pesquisa com consultores independentes e os alocados em empresas de insumos, técnicos e pesquisadores.

O coordenador do Rally da Pecuária, Maurício Palma Nogueira, informou que o relatório para técnicos e produtores trará uma novidade neste ano: a comparação dos índices médios de produtividade da parcela com melhor desempenho com a média geral.

Para garantir essa análise, será necessário repetir o desempenho de 2015, quando 700 produtores preencheram o questionário, que está disponível também no www.rallydapecuaria.com.br.

60 mil km – Serão percorridos pelo menos 60 mil quilômetros, com 13 eventos para discutir tendências de mercado, cenários e iniciativas para aumentar a rentabilidade na pecuária. Os temas são sanidade, nutrição, controle de invasoras, índices zootécnicos (reprodução), garantia da fertilidade do solo, qualidade das pastagens, estratégias de hedge e confinamento.

O rally já percorreu, desde 11 de abril, os estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e parte do Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions