A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

26/01/2012 12:00

Rally da Safra percorre região mais atingida pela seca no Estado

Fabiano Arruda

Equipe já visitou região Norte e identificou atraso na colheita de soja

Resultados oficiais do levantamento sobre a produção de MS, no entanto, só será divulgado em abril. (Foto: João Garrigó)Resultados oficiais do levantamento sobre a produção de MS, no entanto, só será divulgado em abril. (Foto: João Garrigó)

A equipe 2 do Rally da Safra inicia hoje visita a região mais atingida pela falta de chuva em Mato Grosso do Sul, neste início de ano, para fazer diagnóstico sobre a produção de soja e milho.

Os técnicos vão percorrer cidades como Maracaju, Sidrolândia, Dourados, Naviraí, Caarapó e Ponta Porã. A equipe já tem conhecimento da falta de chuva na região Sul do Estado e inicia os levantamentos, que devem durar até terça da semana que vem, para dimensionar a realidade das produções.

A equipe 1 do levantamento, que percorreu Chapadão do Sul e São Gabriel do Oeste, finalizou os trabalhos ontem e identificou atraso na colheita.

No entanto, segundo o responsável pela equipe 1, Marcos Rubin, os municípios apresentam bom potencial produtivo.

“A região norte tem condições de manter boa produção, diferente do ano passado”, comentou, referindo-se ao início de 2011 quando o excesso de chuva provocou uma quebra na safra de soja.

Considerado principal levantamento técnico privado da produção nacional de soja e milho, o Rally da Safra 2012 divulga os resultados oficiais de produção de no início de abril.

Segundo estimativas pré-rally feitas pela Agroconsult, realizadora do evento, o Estado deve ter queda de 2% na produção de soja neste ano.

A perspectiva para a produção nacional é de 73,5 milhões de toneladas, 2% menos em relação à safra 10/11.

Segundo informações da assessoria, a equipe avalia, entre outros aspectos da produção, espaçamento entre plantas, população de plantas, peso, número e umidade de grãos, ocorrência de pragas e doenças.

Prosseguirá com testes de transgenia para ambas as culturas, análise de solo, avaliação do plantio direto na palhada e monitoramento de perda nas lavouras recém-colhidas ou em processo de colheita.

O Rally da Safra está em sua 9ª edição e, neste ano, percorre, ao todo, mais de 60 mil quilômetros. Além de Mato Grosso do Sul, a rota das equipes contempla lavouras do Distrito Federal, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Piauí, Maranhão, Tocantins e Pará.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions