A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/05/2008 10:01

Retenção de fêmeas faz abate de bovinos cair 11%

Redação

Com oferta comedida de bovinos, os frigoríficos de Mato Grosso do Sul tiveram redução de 11% nos abates deste ano, conforme dados da SFA (Superintendência Federal de Agricultura). Para a Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), essa redução reflete a retenção das matrizes para produção de mais bezerros, a vedete da pecuária. A retenção ocorre após anos de grande descarte de matrizes. O resultado para a população é o aumento no preço da carne.

No mês passado, por exemplo, alguns cortes encareceram 11%, segundo o IPC (Índice de Preços ao Consumidor).

Hoje o bezerro comercial atinge patamar de R$ 628,00, segundo o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) da USP chegando a R$ 800,00 em leilões, ao passo em que há um ano a cotação era de R$ 420,00.

Os dados da SFA apontam que de janeiro a abril deste ano foram abatidos 1.158.109

bovinos nos frigoríficos com SIF (Serviço de Inspeção Federal) contra 1.300.947 no período de janeiro a abril de 2007. Isso significa menos carne produzida e explica o aumento de preços ao consumidor. Como as exportações decolaram a oferta interna ficou ainda menor.

Estabilidade

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions