A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/03/2017 09:08

Saúde e qualidade de vida serão temas de programa para estudantes

Iniciativa desenvolvida pelo Sistema Famasul, com apoio do Governo do Estado e prefeituras será lançada hoje

Elci Holsback
Programa já trabalha com 184 mil estudantes em MS (Foto: Divulgação/Famasul) Programa já trabalha com 184 mil estudantes em MS (Foto: Divulgação/Famasul)

Cidadania, meio ambiente, diversidade, cultura, ética, sustentabilidade e a conexão do campo e a cidade são alguns dos temas trabalhados pelo programa de responsabilidade social Agrinho, desenvolvido há quatro anos em Mato Grosso do Sul.

A iniciativa, que atua com estudantes do 1° ao 9° ano é desenvolvida pelo Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) com 184 mil alunos e 8 mil educadores do Estado. A edição de 2017 será lançada às 14 horas desta quarta-feira (8) na sede da Famasul, em Campo Grande.

“Estamos no quarto ano da iniciativa no estado e é visível que o programa otimizou a conexão campo-cidade, despertando a consciência sustentável de diferentes formas em cada estudante. O que vemos é uma realidade transformada, um novo olhar desses jovens para o rural, o que nos faz acreditar em um futuro melhor”, avalia o presidente da Famasul, Mauricio Saito.

Com ações que estimular a criatividade, o programa conta com material educativo desenvolvido durante as aulas regulares, junto às disciplinas escolares e ao final de cada ano, alunos e professores concorrem a prêmios, em um concurso cultural, onde cada categoria segue a série que a criança ou adolescente estuda.

“Estamos no quarto ano da iniciativa no estado e é visível que o programa otimizou a conexão campo-cidade, despertando a consciência sustentável de diferentes formas em cada estudante”, Pondera Saito.

O tema deste ano ainda é surpresa, mas será relacionado à qualidade de vida e saúde, adianta a diretora-secretária do Sistema Famasul e coordenadora pedagógica do Senar/MS, Terezinha Cândido.

“A amplitude dos assuntos permite que professores e alunos desenvolvam uma série de atividades teóricas e práticas que estimulam a criatividade, dentro e fora da sala de aula. Este ano as escolas receberão acompanhamento pedagógico com visitas constantes de profissionais, a iniciativa conduzirá os trabalhos durante o ano”. 

São parceiros para a realização do Agrinho, o Governo do Estado por meio das Secretarias de Estado de Educação, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar e da Fundação de Cultura, além das prefeituras por intermédio das secretarias municipais de educação.

 

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions