A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/07/2014 17:26

Seminários e cartilha vão orientar produtor sobre Cadastro Ambiental obrigatório

Caroline Maldonado
Cadastro identificará áreas de proteção ambiental (Foto: Marcos Ermínio)Cadastro identificará áreas de proteção ambiental (Foto: Marcos Ermínio)

Para orientar os produtores sobre a inscrição obrigatória no CAR (Cadastro Ambiental Rural), a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) realizará no dia 11 de agosto, as 14h, seminário com palestrantes de fora do Estado. No dia 12, haverá capacitação de técnicos da entidade e funcionários dos 68 sindicatos rurais de Mato Grosso do Sul.

Em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), a federação está elaborando uma cartilha e preparando ainda uma série de eventos no interior, que levarão mais detalhes sobre o CAR aos agricultores e pecuaristas. Ainda não foram definidos os locais, mas regiões pólo como Dourados devem ser contempladas.

O produtor rural que não se inscrever no CAR ficará irregular com o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e outros órgãos ambientais e pode ser impedido de obter licenciamento ambiental e financiamentos.

O cadastro faz parte de um sistema que irá montar um panorama das propriedades rurais do país, com previsão para ser concluído em até um ano. As inscrições podem ser feitas até dia 5 de maio de 2015, no site do Imasul.

O endereço do portal é www.imasul.ms.gov.br. Ao acessar o site, o produtor deve clicar em “Siriema”, ícone que fica no lado direito do portal. Nesta área, há mais uma sessão identificada como “Siriema”. Ao clicar nela, o produtor deve se cadastar informando dados pessoai ou jurídicos. 

Produtores rurais devem inscrever imóveis a partir de hoje
Os produtores rurais do Estado podem realizar inscrição de seus imóveis no CAR-MS (Cadastro Ambiental Rural), a partir de hoje (21), no site www.imas...
MPF cobra adoção de monitoramento eletrônico de aeronaves agrícolas
O MPF (Ministério Público Federal) recomendou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que apresente, no prazo de 60 dias, um cronograma de ações p...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions