A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/10/2010 08:48

SFA rebate denúncia de falta de higiene em frigorífico

Redação

Acusado de fazer "vista grossa", o Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal garante que o abate no frigorífico JBS/Bertin, que enfrenta greve dos funcionários, atende aos padrões de qualidade.

Ontem, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Carnes e Derivados de Campo Grande, Vilson Gimenez Gregório, afirmou que os agentes do SIF (Serviço de Inspeção Federal), ligado ao Ministério da Agricultura, estariam fazendo "vista grossa" diante do problema. Segundo ele, os responsáveis pela limpeza estão em greve, comprometendo a higiene no local.

De acordo com nota divulgada pela SFA/MS (Superintendência Federal de Agricultura em Mato Grosso do Sul), o número de animais abatidos, depois de iniciada a paralisação, foi reduzido para 45% da capacidade normal de abate.

"Ressaltamos que a Inspeção Federal mantém, de forma permanente, sete médicos veterinários fiscais e 68 agentes auxiliares responsáveis pela inspeção higiênica, sanitária e tecnológica daquela indústria".

Segundo a SFA, os produtos sob o SIF 4400 encontram-se dentro dos padrões exigidos pela legislação brasileira e atendem, ainda, às exigências de todos os países para onde o frigorífico está habilitado a exportar.

O JBS/Bertin fica localizado em Campo Grande, na saída para Sidrolândia. A greve dos trabalhadores começou na segunda-feira. A empresa trouxe funcionários de uma unidade do interior do Estado para cobrir a falta de efetivo no abate.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions