A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/04/2016 09:13

Vacinação contra aftosa começa hoje para imunizar 520 mil animais

Priscilla Peres
Vacinação contra aftosa começa hoje com imunização de 520 mil animais. (Foto: Famasul)Vacinação contra aftosa começa hoje com imunização de 520 mil animais. (Foto: Famasul)

Começa hoje em Mato Grosso do Sul a primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa. Todos os animais bovinos, em qualquer idade, devem receber a vacinação e a previsão da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é de que sejam imunizados 520 mil animais.

O calendário foi definido pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal)e é dividido entre três regiões, com datas diferentes para os proprietários e animais do Pantanal.

A primeira etapa da vacinação acontece para os produtores da Fronteira. A liberação do sistema para revendas credenciadas e início da aplicação está agendado para acontecer de 1º de abril a 15 de maio podendo o registro ser realizado de 1º de abril a 30 de maio.

A liberação do sistema e início das aplicações na região do Planalto está prevista para acontecer de 2 de maio a 1º de junho e o registro poderá ser realizado de 2 de maio a 16 de junho.

O produtores da região do Pantanal – que optaram pela vacinação do rebanho no mês de maio – a liberação do sistema para revendas credenciadas e início da aplicação está agendado para acontecer de 2 de maio a 16 de junho e o registro poderá ser realizado de 2 de maio a 1º de julho.

Mato Grosso do Sul é livre de aftosa com vacinação desde 2011. Segundo o médico veterinário do Sistema Famasul, Horácio Tinoco, para o Estado manter a atual condição é preciso uma ação permanente. “Os produtores rurais precisam continuar o trabalho de prevenção para manter o status que é reconhecido pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) e abre portas para que a nossa carne bovina conquiste um espaço de cada vez maior no mercado internacional", ressalta.

"Os produtores destes municípios (da Fronteira) têm tomado todas as medidas sanitárias necessárias para o fortalecimento do setor. Exemplo deste trabalho é que o índice de cobertura vacinal na região ultrapassa 99%", afirma Tinoco.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions