A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/02/2013 16:14

Valor Bruto de Produção das lavouras deve crescer mais de 16% este ano

Stênio Ribeiro, da Agência Brasil

Levantamento feito em janeiro pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elevou a estimativa de safra 2012/2013 para 185 milhões de toneladas. Em consequência, a Assessoria de Gestão Estratégica (AGE) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) atualizou a projeção do Valor Bruto de Produção (VBP) das lavouras brasileiras para R$ 283,5 bilhões no ano, ou 16,3% a mais em relação ao VBP do ano passado, que somou R$ 243,9 bilhões.

Os números foram divulgados hoje (15) pelo Mapa, depois de atualizar as estimativas de safra da Conab e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e recalcular a rentabilidade das lavouras dos principais grãos, cana de açúcar, suco de laranja, tomate e outros produtos, com base nos preços de mercado interno e externo. O aumento de VBP será liderado pelas lavouras de soja, cana-de-açúcar e milho, de acordo com o coordenador de Planejamento Estratégico da AGE, José Garcia Gasques.

Houve queda, porém, na projeção de VBP, que pelas estimativas de janeiro seria de R$ 305,3 bilhões (26,3% a mais em relação a 2012). Redução provocada pela queda do preço da soja no mercado internacional. De acordo com Gasques, a estimativa anterior foi feita com base no preço de R$ 73,25 por saca de 60 quilos, valor agora corrigido para R$ 64,6 por saca, segundo orientação do Centro de Pesquisa Avançada em Economia Aplicada (Cepea) da Universidade de São Paulo (USP).

Ainda assim será o melhor resultado de VBP da série histórica iniciada em 1997, com destaque de crescimento percentual de valor, comparado a 2012, para as produções de tomate (63,3%), laranja (52,6%), feijão (32,4%), soja (30,8%), cebola (26%), fumo (21,3%), batata (21%), trigo (18,7%), milho (17,8%), cana-de-açúcar (7,5%) e maçã (5,7%). Os maiores VBP estimados são para os estados de São Paulo (R$ 49,9 bilhões), Mato Grosso (R$ 45,8 bilhões) e do Paraná (R$ 38,7 bilhões).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions