A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/11/2012 15:51

Valor da produção da carne bovina tem alta de 21,8% em MS, diz Famasul

Na suinocultura, o valor de produção teve elevação de 15,3%

Nícholas Vasconcelos
Mato Grosso do Sul registrou aumento de 21,8% no valor de produção da carne bovina. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)Mato Grosso do Sul registrou aumento de 21,8% no valor de produção da carne bovina. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

Mato Grosso do Sul registrou ampliação na produção e no abate das carnes suína e bovina em 2012, com projeção de VBP (Valor Bruto de Produção) de 21,8% para o gado e de 15,3% nos suínos na comparação com o ano passado, segundo a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).

O VBP é a o valor final de um produto, resultado da multiplicação da produção pelo valor negociado do mesmo.

Conforme o estudo técnico da Federação, o VBP da carne bovina no Estado saiu de R$ 4,1 bilhões no ano 2011 para uma projeção de um pouco mais de R$ 5 bilhões no ano 2012. O volume abatido no setor saltou de 46 milhões de quilos em 2011 para 60 milhões de quilos em 2012. Um dos motivos para a elevação do VBP é o aumento no peso dos animais para a abate, o que aumento o volume da carne.

Já a carne suína teve variação de 15, 3% em relação ao ano passado, saindo de R$ 216 milhões no ano passado para uma projeção de R$249 milhões neste ano. O número de quilos de carne suína em 2011 foi de aproximadamente 92 milhões, passando para 105 milhões de quilos em 2012.

Segundo a Famasul, os dados comprovam que a crise na suinocultura que afetou o sul do país se apresentou de forma mais amena no Estado, que é o quarto estado no ranking de produção e exportação do produto brasileiro. O principal motivo apontado pelo estudo é de que alguns produtores de MS são independentes e também produzem grãos, garantindo assim lucro com a agricultura e com baixo índice de endividamento na suinocultura.

 



A quantidade de gado abatido aumentou porque estamos abatendo as matrizes. Em breve não teremos bezerros suficientes, o preço do gado vai aumentar e os frigoríficos terão dificuldades. O ciclo continua...
 
Ricardo Farias em 26/11/2012 17:03:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions