A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/09/2009 08:54

Vazio sanitário da soja termina nesta quarta-feira

Redação

Amanhã é o último dia de proibição do plantio de soja em Mato Grosso do Sul, o chamado vazio sanitário, adotado pelo governo estadual para prevenir a ferrugem asiática. Este ano o Estado registrou o caso mais precoce da praga, em uma lavoura espontânea, à margem de estrada, em Ponta Porã.

A lavoura nasceu de grãos que caíram à beira da estrada, de forma voluntária. A proibição do plantio de soja teve início em 1º de julho.

Segundo a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), até agosto, foram fiscalizados 469.775 hectares em todo o Estado. Ao todo, foram aplicadas 50 autuações, tanto como para falta de cadastro no sistema da agência como para os casos de localização de brotos (tigüeras) nas propriedades.

"Algumas vezes, o produtor não plantou estes brotos, eles restaram da última colheita. Porém, como eles tiveram prazo até 30 de junho para eliminá-los, as autuações são procedentes", explica Sebastião de Freitas, responsável da Iagro pela fiscalização do vazio sanitário.

Na prevenção e controle da ferrugem, a prevenção é a palavra-chave. Netse ano há previsão que a primavera e verão sejam mais chuvosos e isso desperta preocupação, uma vez que a proliferação da doença está diretamente relacionada à umidade. Notificação de focos podem ser feita nos escritórios da agência no interior, pelo site www.iagro.ms.gov.br ou pelo telefone 0800 647 2788.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions