A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/09/2012 11:45

Vazio sanitário do algodão tem início dia 1º de outubro em Mato Grosso do Sul

Francisco Júnior

O prazo para destruição dos restos ou materiais inaproveitáveis de algodoeiros se estende então até o dia 30 de setembro. O estabelecimento do início de plantio da safra 2012/2013 nestes municípios – abrangendo a região norte do Estado – se dará a partir de 1º de dezembro de 2012.

A Resolução considera que no município de Chapadão do Céu/GO, vizinho e contíguo aos municípios produtores de algodão de Chapadão do Sul e Costa Rica/MS, o período de vazio se estende também até 30 de novembro. Já o prazo de destruição de restos ou materiais inaproveitáveis do algodoeiro, da presente safra, foi excepcionalmente prorrogado para 30 de setembro de 2012, conforme resolução Seprotur nº 602, de 30 de agosto de 2012.

Ainda segundo a Resolução a destruição de restos culturais ou materiais inaproveitáveis de algodoeiro só é efetiva, no Estado de Mato Grosso do Sul, se houver um período de 60 dias entre a destruição dos restos culturais e o estabelecimento do início de plantio da safra seguinte.

O período de vazio sanitário vegetal acima previsto é aplicável aos casos de plantio de algodão, no ano agrícola 2012/2013, nos municípios de Água Clara, Alcinópolis, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.

O não cumprimento leva o produtor a ser autuado pela Iagro e também deixa de receber o Certificado de Destruição de Soqueira, documento que permite o recebimento de incentivos através do Programa de Desenvolvimento da Produção Agropecuária de MS (PDagro).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions