A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/12/2009 09:17

Venda de gado em leilões cresce 9% em Mato Grosso do Sul

Redação

No primeiro semestre deste ano, as 30 leiloeiras de Mato Grosso do Sul venderam 174,1 mil bovinos e arrecadaram R$ 122,8 milhões. Em relação ao último semestre de 2008, quando foram vendidos 159,1 mil animais, houve aumento de 9%. No entanto, o balanço deste ano ainda não contabilizou a venda feita pelos leilões virtuais.

O levantamento foi divulgado pela Superintendência Federal de Agricultura de Mato Grosso do Sul. O fiscal federal agropecuário, Sérgio Feijó Figueiredo, responsável pelo levantamento da SFA, destaca que todas as leiloeiras cadastradas, inclusive as que promovem certames virtuais, são obrigadas a repassar ao Ministério os dados das movimentações. O questionário exige que a leiloeira informe o número de machos e fêmeas vendidos, procedência, destino dos animais, local do certame e os valores totais de cada remate.

Entre janeiro e junho deste ano foram comercializados, 107.400 machos e 66.772 fêmeas, totalizando 174.172 animais. No segundo semestre do ano passado, fechado em janeiro deste ano, foram comercializados 86.334 machos e 72.821 fêmeas, totalizando 159.155 cabeças. O valor movimentado no período gerou R$ 129.280.080,00, mas com os dados das empresas de certames virtuais.

Segundo Sérgio Feijó, os mais de R$ 122 milhões movimentados no primeiro semestre deste ano não representam ainda o real valor das leiloeiras, isto porque as empresas virtuais não mandaram o relatório. "Muitas tentam se justificar alegando que a GTA não é gerada aqui, porém, mesmo assim precisam informar a SFA. A autorização para realização de leilões é fornecida pela IAGRO, mas se depois deste prazo as leiloeiras não nos informarem os dados solicitados será vetada a carta de autorização do MAPA", reforça Feijó.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions