A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/04/2016 13:59

Volume de cana-de-açúcar processada cresce 13% na safra 2015/16 em MS

Renata Volpe Haddad e Mariana Castelar
Volume de cana-de-açúcar processada cresceu 13% em Mato Grosso do Sul. (Foto: Kojiroh)Volume de cana-de-açúcar processada cresceu 13% em Mato Grosso do Sul. (Foto: Kojiroh)

O volume de cana-de-açúcar processada nas 20 usinas de Mato Grosso do Sul cresceu 13% na safra 2015/16, sendo 48,5 milhões de toneladas processadas, em comparação com a safra passada. Durante a entressafra, foi possível moer 10% do produto.

No lançamento da safra 2016/17 nesta sexta-feira (8) em Rio Brilhante, distante 163 km de Campo Grande, na usina Biosev, o presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de MS), Roberto Hollanda, alegou que apesar dos números serem bons, a chuva atrapalhou pelo quarto ano, a produção de açúcar.

Com isso, os resultados foram parecidos com o do ano passado, atingindo 1,3 milhão de toneladas, produzindo 2,8 bilhões de litros de etanol. "Essa produção do combustível é nove vezes maior do que o Estado consome", informou.

As 20 usinas geraram 26 mil empregos diretos, sendo que de cada um direto, mais três eram gerados indiretamente. Das indústrias, as usinas de cana pagam o melhor salário e quando eram 24 usinas no Estado, já foram gerados 30 mil empregos.

"Isso deve-se a crise política, pois isso prejudica a safra, já que não temos apoio do Governo Federal", avalia o presidente da Biosul.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) esteve presente na usina e afirmou que realmente não existe uma política voltada para a safra de cana.

"Quando seguraram o preço da gasolina, a Petrobras quebrou e criou um problema grande para o setor sucroenergético. É preciso pensar na política futura, avaliando a safra dos próximos 40 anos", avaliou.

Durante a abertura da safra, 37 projetos voltados para melhorias nas rodovias do Estado foram assinados. Serão 1.140 km de novas estradas e ampliação e 640 km de recapeamento.

Governador Reinaldo Azambuja, (segundo à esquerda) esteve na usina Biosev em Rio Brilhante, durante lançamento da safra de cana-de-açúcar 2016/17. (Foto: Mariana Castelar)Governador Reinaldo Azambuja, (segundo à esquerda) esteve na usina Biosev em Rio Brilhante, durante lançamento da safra de cana-de-açúcar 2016/17. (Foto: Mariana Castelar)

Próxima safra – A expectativa de crescimento para a safra 2016/17 é de 7%, superando 52 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processada. Conforme a Biosul, espera-se que a produção de cana seja retomada e atinja 1,9 milhões de toneladas.

Foi anunciado também, a ampliação da usina Biosev, mas, de acordo com o presidente, Rui Chammas, ainda não é possível saber quanto será investido e nem para quanto será ampliado.

Hoje a usina tem a capacidade máxima de produção de 90 toneladas por hectare e a Biosev é uma das usinas de referência do Estado, sendo uma das mais modernas. "Quando se fala em crescimento, nos referimos ao aumento máximo da capacidade de produtividade, além do investimento em tecnologia que será feito", explicou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions