A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 30 de Maio de 2017

28/04/2015 15:01

Acidentado aguarda mais de 20 minutos na Planalto a espera dos Bombeiros

Antonio Marques
Enquanto aguardava atendimento dos Bombeiros, o estudante de Veterinária usava o capacete de apoio para cabeça. (Foto: Antonio Maques)Enquanto aguardava atendimento dos Bombeiros, o estudante de Veterinária usava o capacete de apoio para cabeça. (Foto: Antonio Maques)
Depois de pelo menos 20 minutos de espera, o motociclista recebeu atendimento dos Bombeiros. (Foto: Antonio MarquesDepois de pelo menos 20 minutos de espera, o motociclista recebeu atendimento dos Bombeiros. (Foto: Antonio Marques

Acidente entre uma moto e um carro na Avenida Tamandaré no cruzamento das ruas Itanhaém e Augusto Severo, na Vila Planalto, chamou a atenção dos motoristas e pessoas que presenciaram o fato pela demora da chegada do atendimento do Corpo de Bombeiros, pelo menos 20 minutos, numa região considerada central.

O estudante de medicina veterinária Ananias Junior, 25 anos, seguia no sentido bairro centro e foi surpreendido pelo veículo Polo que saiu da rua Itanhaém e invadiu a preferencial da avenida provocando o choque. O aposentado Gerson Gomes dos Santos, motorista do carro, disse que não viu o motociclista.

A reportagem do Campo Grande News chegou ao local por volta de 13:00, cerca de dez minutos após o acidente, conforme informou o motorista que Gerson dos Santos. Permaneceu no local cerca de 15 minutos até que chegassem os Bombeiros. Neste período a reportagem ligou ao Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) no telefone 193, que informou que a viatura já havia sido acionada e chegaria em poucos minutos.

Questionada sobre a demora, a atendente chegou a dizer que haviam outras ocorrências sendo atendidas, talvez seria o motivo da espera. Antes da reportagem, a esposa do motorista do veículo teria sido a primeira pessoa a chamar os Bombeiros. A namorada do acidentado, que chegou ao local logo após o evento, também confirmou ter chamado o socorro pelo 193 e estava aguardando. "Já me desesperei e já me acalmei. Parece que não é nada grave", comentou ela.

Enquanto esperava pelo atendimento, Gerson dos Santos improvisou com papelão e um pedaço de lona plástica uma proteção para evitar que o acidentado permanecesse sob o forte sol da tarde. Cerca de três minutos após a ligação da reportagem ao 193, duas equipes chegaram ao local com dois moto-socorristas e uma unidade de resgate.

Perguntando sobre o fato da espera no atendimento, o Sargento Almeida disse que ao saber do acidente não levou mais que três minutos pra chegar ao local, considerando a proximidade da Unidade Central. “Estou surpreso com essa informação que a vítima ficou aguardando mais de 20 minutos. Nosso deslocamento é muito rápido”, garantiu

O estudante ficou no chão imóvel o tempo todo e reclamou de dores em uma das pernas e na mão que apresentava escoriações. Aparentemente não havia suspeita de fratura, mas ele foi imobilizado e encaminhado ao pronto-socorro da Santa Casa.

Motociclista morre em acidente na MS-080 e neblina pode ter sido a causa
O motociclista Antônio Marcos Ferreira de Melo, 37 anos, morreu em acidente de trânsito por volta das 22h30 de ontem (28), na MS-080, na rotatória do...
Idoso morre no hospital após ser atingido por carro de passeio na BR-163
Homem de 77 anos morreu após ser atingido por um veículo de passeio, por volta das 6h de ontem (25), na BR-163, próximo a rotatória do Shopping Bosqu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions