A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

05/06/2017 14:00

Bombeiro que ficou ferido em acidente na BR-262 morre na Santa Casa

Luis Antônio é a segunda vítima fatal de um grave acidente pelo km 264, da BR-262 entre a Capital e Ribas do Rio Pardo

Adriano Fernandes
A parte frontal do veículo HB20 ficou completamente destruída. (Foto: André Bittar) A parte frontal do veículo HB20 ficou completamente destruída. (Foto: André Bittar)

Morreu na Santa Casa de Campo Grande, por volta das 13h o sargento do Corpo de Bombeiros, Luis Antonio de Souza de 44 anos, que ficou gravemente ferido após um acidente, esta manhã (05), na BR-262, entre Campo Grande e Ribas do Rio Pardo – cidade a 103 quilômetros da Capital.

Ele é a segunda pessoa que morreu na colisão entre o veículo modelo Hyundai HB20, sedan, branco, que colidiu de frente com uma Mitsubishi Triton L-200, no km 264 da rodovia.

Antônio teve politraumatismo e foi socorrido pelo helicóptero da Polícia Militar e levado à Santa Casa, onde logo após ter dado entrada, por volta das 09h30, teve uma parada cardíaca na ala vermelha da unidade – que é destinada a pacientes em estado grave.

Em seguida ele foi encaminhado à sala de cirurgia para uma laparatomia exploratória por conta das hemorragias internas, mas não resistiu ao procedimento.

Tragédia – Antônio era motorista do veículo modelo Hyundai HB20, sedan, branco, que colidiu de frente com uma Mitsubishi Triton L-200, no km 264 da rodovia. Segundo testemunha, a colisão foi causada pela caminhonete, que forçou ultrapassagem.

Além de Antônio que era quem conduzia o HB20, seguiam no veículo mais quatro pessoas, sendo um homem e três mulheres. Uma delas, que seria a sogra do militar, morreu no local.
Já a caminhonete, que pertence a uma empresa, era ocupada por três homens.

Eles foram socorridos por terceiros para o Hospital de Ribas do Rio Pardo. Ainda não foram informados os nomes dos envolvidos.

Resgate - Antônio, que ficou politraumatizado, foi resgatado pelo helicóptero da Polícia Militar. A rodovia foi bloqueada para a aeronave pousar e chegou a ficar interditada por uma hora. No local havia uma pessoa presa nas ferragens. Ainda não há informação sobre o estado de saúde dos outros feridos.

Uma mulher, ainda não identificada e que seria sogra do oficial dos bombeiros, morreu no local da colisão. (Foto: André Bittar) Uma mulher, ainda não identificada e que seria sogra do oficial dos bombeiros, morreu no local da colisão. (Foto: André Bittar)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions