A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

13/07/2017 16:00

Bombeiros suspeitam que família ocupava carro e morreu carbonizada

Fogo destruiu veículo e também atingiu duas carretas

Anahi Zurutuza e Adriano Fernandes
Engavetamento na BR-163 (Foto: Adriano Fernandes)Engavetamento na BR-163 (Foto: Adriano Fernandes)

Duas mortes já foram confirmadas no acidente envolvendo cinco veículos na BR-163, saída para São Paulo, em Campo Grande, mas o Corpo de Bombeiros suspeita que o carro de passeio, consumido por um incêndio, era ocupado por uma família.

A perícia da Polícia Civil já está no local e vai confirmar se há mais vítimas.

O corpo do motorista de uma carreta é possível está parcialmente carbonizado. No carro de passeio, cuja marca e modelo não é possível identificar porque o automóvel explodiu e foi destruído em questão de segundos, há ao menos uma vítima.

“Suspeitamos que havia uma família”, afirmou o tenente Bruno Vilela ao Campo Grande News.

Ainda segundo o tenente o fogo começou no carro menor, que foi esmagado entre duas carretas.

A parte de trás de um dos veículos de grande porte foi destruída e a cabine, onde o motorista ficou preso e morreu queimado, também.

As chamas se alastraram pelo mato às margens da rodovia e os bombeiros gastaram pelo menos 8 mil litros d’água para conter o incêndio (veja o vídeo).

As carretas estavam carregadas com adubo, que é inflamável. “Atuamos em ataque direto ao fogo, resfriamos principalmente o adubo, resfriamos a parte metálica dos veículos”.

Mais detalhes – Segundo testemunhas, o acidente teria sido provocado pelo motorista de uma das carretas que bateu na traseira de um carro de passeio, que foi empurrado na traseira de outro caminhão, provocando ainda o engavetamento entre uma caminhonete Ford F-400 do tipo baú e outra carreta.

Ainda conforme disseram as testemunhas, o motorista da carreta que provocou o acidente não teria visto que por causa de obras na pista, o tráfego estava sendo liberado parcialmente, no sistema pare-e-siga.

O acidente parou o trânsito na saída para São Paulo, a partir do entroncamento da BR-163 com a BR-060, rotatória onde termina a avenida Gury Marques. Alguns motoristas optam por desviar por desvias por estradas de chão, paralelas à rodovia.

Bombeiros durante o combate às chamas (Foto: Direto das ruas)Bombeiros durante o combate às chamas (Foto: Direto das ruas)
Carros desviado pela estrada paralela à BR-163 (Foto: Direto das ruas)Carros desviado pela estrada paralela à BR-163 (Foto: Direto das ruas)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions