A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

17/03/2014 19:00

Dependente químico se joga em frente de carro e tumultua trânsito

Lidiane Kober e Kleber Clajus
Dependente químico precisou ser contido pelos bombeiros (Foto: Kleber Clajus)Dependente químico precisou ser contido pelos bombeiros (Foto: Kleber Clajus)

Um dependente químico, de cerca de 30 anos, cruzou, na tarde desta segunda-feira (17), a Avenida Ernesto Geisel e se jogou em frente de veículo Ford Fiesta. A motorista do carro, uma advogada de 25 anos, reduziu a velocidade e tentou desviar, mas acabou atingindo o jovem, que machucou a cabeça e os braços.

O acidente ocorreu por volta das 16h40, no trecho entre as ruas Guariroba e Graúna, no Bairro Guanandi. Muito nervosa, a motorista do Fiesta, que estava acompanhada do enteado, pediu para o nome não ser revelado e garantiu que fez de tudo para não atingir o dependente químico.

Ele, por sua vez, não portava documento e apresentou reação bastante alterada. Com ferimentos na cabeça e nos braços, por conta do choque com o para-brisa do veículo, o homem foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros ao Upa (Unidade de Pronto-Atendimento) do Bairro Universitário.

A colisão tumultuou por cerca de meia-hora o trânsito na Avenida Ernesto Geisel e uma viatura da Polícia Civil ajudou a controlar a circulação de veículos. Os maiores, como um ônibus e um caminhão, precisaram até cortar galho de uma árvore para passar.

Frequente – Há 28 anos morando na região, o aposentado Paulo Araújo, de 64 anos, disse que esse tipo de ocorrência é “comum” nas redondezas. “Usuários de droga ficam no mato alto às margens do córrego e saem desnorteados”, comentou. “Ao menos duas pessoas já morreram nesta mesma situação”, completou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions