A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

22/10/2012 16:37

Duas pessoas ficam feridas em acidente na Via Parque

Gabriel Neris e Helton Verão
Acidente entre moto e veículo Gol deixou duas vítimas na Via Parque, em Campo Grande (Foto: Pedro Peralta)Acidente entre moto e veículo Gol deixou duas vítimas na Via Parque, em Campo Grande (Foto: Pedro Peralta)

Acidente na tarde desta segunda-feira (22) envolvendo carro e moto deixou duas pessoas feridas na Via Parque, sentido Parque do Sóter/Shopping Campo Grande. As vítimas estavam numa motocicleta Honda Titan, que colidiu no veículo Gol.

O carro estava sendo conduzido por Rosimeire de Almeida, 38, funcionária pública. Ela diz que não havia notado nada de diferente no percurso e durante uma curva sentiu o impacto na lateral do veículo.

“Estava indo na via do meio e quanto vi ele tinha colidido comigo”, comentou.

A Titan era pilotada pelo autônomo Alexandre Anderson Riccó, 38. Na garupa da motocicleta estava a esposa dele, Shirley Larisca Riccó, 37, artesã. O casal sofreu escoriações. Curiosamente, o piloto faz aniversário hoje.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas para prestar socorro e encaminhar o casal para a Santa Casa de Campo Grande. Segundo os bombeiros, o rapaz reclamava de dores no ombro e na mão esquerda.

Um rapaz identificado como Luiz Carlos disse que viu o acidente e relatou que se não freasse a tempo poderia acontecer uma tragédia. Segundo a testemunha, a motocicleta estava a sua frente quando houve a colisão e teve que frear bruscamente para evitar o atropelamento.



Era de se esperar isso acontecer uma vez. Os motoristas aqui costumeiramente fecham as curvas, em vez de manter religiosamente a faixa. Sem olhar no retrovisor (e menos ainda pensando em ponto cego) não percebem que pode ter um veiculo no lateral, e que este não pode ter como desviar, já que bater no meio fio é capotamento na certa.
Repara que a pintura das faixas nesta cidade some principalmente nas curvas, exatamente por esta falta de consciencia. Quase ninguem nesta cidade acaba uma curva na mesma faixa onde começou a curva, infelizmente. É preciso o transito ficar tão movimentado que São Paulo para eles aprender...
 
Marcos da Silva em 22/10/2012 16:59:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions