A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

04/08/2017 09:32

Em meio a briga de trânsito, bombeiro atropela motorista do carro 'rival'

Joaquim Paulo Martins de Assis foi socorrido e está internado na UTI da Santa Casa

Yarima Mecchi
Acidente foi na Rua Joaquim Murtinho. (Foto: João Paulo Gonçalves)Acidente foi na Rua Joaquim Murtinho. (Foto: João Paulo Gonçalves)

Um bombeiro, identificado como Paulo, atropelou Joaquim Paulo Martins de Assis, de 45 anos, na noite desta quinta-feira (3) na Rua Joaquim Murtinho, em Campo Grande. De acordo com o delegado que registrou o caso, Enilton Zalla, o militar alegou que agiu em legítima defesa porque estava fugindo de uma briga de trânsito entre ele e a vítima. Assis foi arremessado e está internado na Santa Casa.

De acordo Zalla, o militar se envolveu em uma discussão de trânsito com Joaquim Paulo e alegou à polícia que a vítima estava muito alterada, desceu do veículo e bateu com as mãos no capô do seu carro. Segundo depoimento do servidor público, após a discussão, Assis foi em direção ao veículo que estava dirigindo. Achando que ele fosse pegar uma arma, Paulo arrancou com o carro e atropelou a vítima.

"O carro invadiu um pouco a pista contrária e ficou na transversal. Um terceiro carro que vinha na outra rua não viu o atropelamento e bateu na lateral do veículo do bombeiro, arremessando a vítima. Ele ficou mais grave e bateu a cabeça", contou o delegado sobre a ocorrência.

Acidente foi na Rua Joaquim Murtinho. (Foto: João Paulo Gonçalves)Acidente foi na Rua Joaquim Murtinho. (Foto: João Paulo Gonçalves)

O delegado informou que ao notar a gravidade de Joaquim, o militar prestou os primeiros socorros à vítima e acionou o Corpo de Bombeiros. "Ele alega que foi um ato de legítima defesa. Teve uma confusão no local. Os dois carros tinham outros ocupantes dentro", relatou Zalla.

Ainda segundo o delegado, os envolvidos no acidente foram encaminhados para Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, onde foi registrado como lesão corporal.

Joaquim Paulo Martins de Assis foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa pelo setor de neurologia. "Estou em contato com a família e acompanhando o estado de saúde dele", afirmou o delegado.

O boletim de ocorrência está sob sigilo no Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional) a pedido das vítimas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions