A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017

15/08/2012 19:58

Família diz que homem atropelado na Vila Ieda não era morador de rua

Nyelder Rodrigues e Viviane Oliveira
A vítima foi identificada em exame de digitais. Posteriormente, a família também fez o reconhecimento (Foto: Rodrigo Pazinato)A vítima foi identificada em exame de digitais. Posteriormente, a família também fez o reconhecimento (Foto: Rodrigo Pazinato)

Foi identificado como João Pereira da Trindade Filho, de 41 anos, o homem que morreu atropelado por um caminhão no dia 6 de agosto, na Vila Ieda, em Campo Grande. Ele não era morador de rua, de acordo com um familiar, que pediu para não ser identificado.

Ele será velado na madrugada desta quinta-feira (16), na capela da Pax Pró-Vida. A vítima foi reconhecida em exame papiloscópico - por impressões digitais. A polícia entrou em contato com a família, que também fez a identificação.

Conforme o parente, João morava com a mãe na Capital, porém era alcoólatra e sempre desaparecia. A família só ficou sabendo da morte após contato da polícia.

Acidente - O acidente aconteceu atrás do Atacadão. Conforme moradores disseram no dia do ocorrido, um homem dormia embaixo de um caminhão. A suspeita é que este veículo é que teria atropelado João Pereira no momento em que fazia manobras na via.

Quando a Polícia e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local, encontraram o corpo próximo ao meio-fio, com marcas de pneus na cabeça e nos braços. O veículo responsável pelo atropelamento fugiu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions