A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

19/11/2012 08:58

Feriadão termina com 1,9 mil multas aplicadas nas rodovias

Maioria das multas foi por ultrapassagem em local proibido. Foram 54 acidentes, menos que em 2011

Nadyenka Castro
BR-262, em Campo Grande. Movimento tranquilo na tarde de domingo. (Foto: Simão Nogueira)BR-262, em Campo Grande. Movimento tranquilo na tarde de domingo. (Foto: Simão Nogueira)

O feriadão terminou sem mortes nas rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul e com 1901 autuações expedidas. A maioria delas, por ultrapassagem em local proibido.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), foram registrados 54 acidentes entre quinta-feira (15) e domingo (18). Estes resultaram em 50 pessoas feridas.

O número é menor do que o registrado ano passado. Em 2011 foram 75 acidentes, com 68 feridos e seis mortes.

Nestes quatro dias de feriado prolongado, os policiais rodoviários fiscalizaram 8.644 veículos e 3.865 pessoas, destas, 606 fizeram exame de alcoolemia.

Estas seis centenas de exames resultaram em 51 autuações por embriaguez e 13 prisões pela mesma situação (quando o resultado é igual ou superior a 0,3 miligramas de álcool por litro de ar expelido).

Foram expedidas 1.901 multas, sendo a maioria delas por ultrapassagem indevida: 715. Em segundo lugar ficou o excesso de velocidade: 178.

Homem de 74 anos morre em hospital após ser atropelado por moto
Idoso de 74 anos morreu 13 dias depois após ser atropelado por uma motocicleta, por volta das 14h do dia 9 deste mês, na cidade de Rio Verde de Mato ...
Detran do MS adere a sistema que dá até 40% de descontos em multas
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) aderiu ao SNE (Sistema de Notificação Eletrônica) e dará até 40% de desconto no...
Idoso morre 12 dias depois de capotagem de carro na BR-060
Dary Fidelis, de 69 anos, morreu neste sábado (21) na Santa Casa de Campo Grande 12 dias depois de ser vítima de um acidente na BR-060, em Chapadão d...



É outra coisa que não querem resolver. Há meio de eliminar 90% dos casos: asta criar Lei que Pare o condutor, multe no local, expeça o boleto, recolha o veículo e quando quitar a multa, retira o veículo. Duvida se essa atitude não educa o camarada. Para resolver algo radical, tem que agir radicalmente.
 
luiz alves em 19/11/2012 10:36:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions