A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

17/04/2017 11:05

Homem atingido por ônibus em ponto estava embriagado, diz testemunha

Viviane Oliveira e Marcus Moura
Rua onde ocorreu o acidente, que resultou na morte de Bartolomeu, na sexta-feira (14) (Foto: André Bittar)Rua onde ocorreu o acidente, que resultou na morte de Bartolomeu, na sexta-feira (14) (Foto: André Bittar)

Bartolomeu Luiz Zorrilha Quintana, 52 anos, que morreu após cair e bater as costas na roda traseira de um ônibus, na Rua Calafate, no Bairro Morada Verde, em Campo Grande, estava embriagado, segundo testemunha que presenciou o acidente. O motorista seguiu viagem até o terminal porque não viu o acidente.

O fato ocorreu por volta das 11h de sexta-feira (14). A vítima foi socorrida pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu quase três horas depois, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Coronel Antonino.

Segundo uma comerciante de 38 anos, que pediu para não ter o nome divulgado, a vítima sofria de alcoolismo. No dia do acidente, Bartolomeu estava bêbado e acompanhou o pai até o ponto de ônibus. “O idoso embarcou e o filho acabou tropeçando e caindo sobre a roda traseira do ônibus, que já havia dado partida. O motorista e o pai dele não viram o acidente”, relata.

Ainda conforme a testemunha, o condutor só ficou sabendo do caso quando retornou ao bairro e viu a movimentação de ambulâncias. “A gente não imaginava que ele ia morrer. Até porque o ônibus não chegou a atingi-lo. Ele estava consciente e conversando, apenas com hematoma nas costas”, lamenta.

No final da tarde, a mulher recebeu a notícia de que Bartolomeu havia morrido. “O motorista só ficou sabendo da morte no sábado. Ele ficou em estado de choque”, relata. O Campo Grande News esteve no bairro e tentou falar com o pai da vítima para saber mais detalhes, mas ele não foi encontrado. O caso será investigado pela delegacia da área. 

Mortes - Em uma semana, sete pessoas já morreram no trânsito da cidade. O último caso registrado foi na noite de sábado (15). Na ocasião, o motociclista Vinícius Lima de Oliveira, 22 anos, seguia em uma Suzuki preta, de mil cilindradas, a cerca de 120 km/h, quando ao tentar ultrapassar dois carros, perdeu o controle da direção, bateu contra a guia do canteiro central, foi arremessado e morreu com impacto da queda.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions