A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Maio de 2017

21/09/2015 16:45

Morto em acidente de moto alertava irmãos para cuidados no trânsito

Edivaldo Bitencourt e Adriano Fernandes
Familiares e amigos acompanham velório de motociclista de 19 anos (Foto: Marcos Ermínio)Familiares e amigos acompanham velório de motociclista de 19 anos (Foto: Marcos Ermínio)
Thiago e o irmão, Augustinho (à direita), que morreu em acidente (Foto: Reprodução/Facebook)Thiago e o irmão, Augustinho (à direita), que morreu em acidente (Foto: Reprodução/Facebook)

Morto após a motocicleta bater em meio-fio e capotar várias vezes na noite de ontem na Avenida Ezequiel Ferreira Lima, no Bairro Guanandi 2, Augustinho Villalba Macian Júnior, 19 anos, voltava do trabalho em uma distribuidora de medicamentos. O jovem tinha o hábito de alertar os dois irmãos sobre os cuidados que deveriam manter no trânsito, como usar capacete, não dirigir sob efeito do álcool e manter a viseira do capacete abaixada.

A morte de Augustinho de forma misteriosa surpreendeu a família e amigos. Ele voltava do trabalho, por volta das 22h30 deste domingo (20), quando a moto bateu no meio-fio, capotou várias vezes e acabou causando a morte instantânea do piloto.

Segundo o irmão, Thiago Aguera Torres, 26, a tragédia ocorreu a duas quadras da residência da família. Ele conversou com vizinhos e levou duas hipóteses para o acidente. A primeira é de que o motociclista perdeu o controle da moto e bateu no meio-fio. A outra é de que ele desviou de outra motocicleta antes de se envolver no acidente.

Thiago contou que o irmão sempre os alertava sobre a prudência no trânsito, como não pegar a motocicleta após ingerir bebida alcoólica. “Era muito cuidadoso no trânsito”, ressaltou.

Augustinho e os outros dois irmãos foram criados pelos avós em Bela Vista, a 322 quilômetros da Capital. Há um ano, ele trocou a vida na fronteira pela vida em Campo Grande, onde arrumou emprego e concluiu o ensino médio. De acordo com Thiago, o irmão sonhava em cursar a faculdade de Direito.

No entanto, o sonho acabou em mais um acidente de trânsito com morte na Capital. A família só tomou conhecimento da tragédia à 1h30 desta segunda-feira.

O velório acontece na Pax São João Batista, na Rua 13 de Maio, esquina com a Rua São Paulo, no Bairro São Francisco. O sepultamento vai ocorrer às 9h desta terça-feira no Cemitério Jardim da Paz, na saída para Sidrolândia. 

 

A dor da perda: Thiago fala sobre sonhos do irmão (Foto: Marcos Ermínio)A dor da perda: Thiago fala sobre sonhos do irmão (Foto: Marcos Ermínio)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions