A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

10/08/2017 10:57

Motorista de Hilux envolvida em acidente com morte ainda não se apresentou

Segundo delegado, condutor de caminhonete está passando por atendimento médico; Vítima era funcionária da Energisa e será enterrada em Anastácio

Yarima Mecchi

O condutor da caminhonete Toyota Hilux que atropelou a motocicleta conduzida por Eder Gomes Teodoro, de 33 anos, no anel viário de Campo Grande, na noite de ontem (9), é um idoso, de acordo com o delegado Jairo Carlos Mendes, que ficará responsável pelo caso. Com a colisão, Eder não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo o titular da 5ª Delegacia de Polícia Civil, o advogado do suspeito entrou em contato com ele e disse que o cliente está passando por atendimento médico por conta do acidente, mas que vai se apresentar na delegacia.

"O advogado ligou e acertou que ele vai se apresentar, mas não disse que é hoje. Provavelmente não deve ser hoje. O advogado vai me ligar mais tarde para acertar a data", disse o delegado.

Ainda segundo o Jairo, o advogado disse que vai encaminhar um laudo de atendimento médico do idoso e que ainda não conseguiu conversar com o cliente sobre as causas do acidente. "Ele ainda está se inteirando do caso. Disse que não conseguiu conversar com o cliente ainda porque ele não tem condições de falar", ressaltou Mendes.

O acidente envolvendo o motociclista Eder foi noite desta quarta-feira no anel viário de Campo Grande. Segundo uma testemunha, uma caminhonete preta invadiu a pista contrária e atropelou a moto da vítima, que não resistiu aos ferimentos. O motorista da caminhonete fugiu do local e não prestou socorro a Eder.

A vítima trabalhava na concessionária de distribuição energia Energisa e segundo a empresa estava no caminho da empresa para a casa quando morreu. Por meio de nota, a Energisa disse que lamenta o acidente.

"A Energisa lamenta a perda do eletricista Éder Gomes Teodoro no acidente de trânsito ocorrido no dia de ontem após o expediente. A empresa prestará toda a assistência à família nesse momento de dor", diz a nota.

Velório - O corpo do motociclista Eder Gomes Teodoro, de 33 anos, será velado e sepultado em Anastácio - a 135 quilômetros de Campo Grande. Segundo a Pax Pró Vida, o corpo ainda não foi liberado pelo Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal).

A empresa não soube dizer que horas e local começa a velar o corpo, apenas confirmou que o corpo será encaminhado para o interior do Estado.

Caminhonete causou morte ao invadir pista contrária no anel viário
O acidente envolvendo o motociclista Eder Gomes Teodoro, de 33 anos, na noite desta quarta-feira (10) no anel viário de Campo Grande, teria sido caus...
Motociclista morre atingido por camionete no Anel Viário da Capital
Um motociclista foi atingido por uma camionete no início da noite desta quarta-feira (9) e morreu, no Anel Viário de Campo Grande, região da saída pa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions