A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

05/01/2016 18:28

Motorista joga carro contra caminhão, recusa socorro e esfaqueia próprio peito

Thiago de Souza
Celta preto saiu da pista após colisão com carreta. (Foto: Fernando Antunes)Celta preto saiu da pista após colisão com carreta. (Foto: Fernando Antunes)
Após o acidente, motorista do Celta teria apunhalado o peito com faca. (Foto: Fernando Antunes) Após o acidente, motorista do Celta teria apunhalado o peito com faca. (Foto: Fernando Antunes)

Um veículo Celta preto, que seguia pela BR-262, sentido Indubrasil, bateu de frente com uma carreta que vinha em sentido contrário, por volta das 17h20, desta terça-feira (5). De acordo com o caminhoneiro, Pedro Roberto, 38, o acidente aconteceu porque o motorista do Celta, Wilson de Lima, 68, teria jogado o veículo na frente do caminhão em uma tentativa de suicídio. Após a colisão, Lima se recusou a abrir o carro para receber socorro, sacou uma faca e apunhalou o próprio peito.  

Existe a suspeita que o homem seja o mesmo que teria esfaqueado uma mulher na tarde de hoje, dentro do Hospital Regional, deixando a vítima, identificada como Vilma, gravimente ferida.  

Pedro Roberto, que conduzia o caminhã, no sentido Indubrasil Campo Grande, relatou que, por pouco o acidente não foi mais grave. “Sorte que eu tava devagar e a carreta estava vazia”, contou Roberto. 

A testemunha disse que quebrou o vidro do carro para tentar retirar Wilson de Lima, e acionou o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), que encaminhou Lima para a Santa Casa, em estado grave, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal). 

O caminhoneiro disse que dirige há 12 anos nas estradas e é a primeira vez que vê um acidente assim com tentativa de suicídio.

Funcionária é esfaqueada dentro do HR, e suspeito foge em Celta preto
Uma mulher, identificada apenas como Vilma, funcionária do Hospital Regional, em Campo Grande, foi esfaqueada dentro da unidade de saúde às 16h40 des...
Corpo de morador de rua morto atropelado ainda está no Imol
O corpo do abrigado do Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante), Dorival Soares Lopes, 41  anos, morto atropelado na noite do último ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions