A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

18/11/2015 17:17

Motorista não vê moto, cruza avenida e acerta motoqueiro na Lúdio Coelho

Thiago de Souza
Acidente foi na Lúdio Martins Coelho com João Ribeiro Guimarães. (Foto: Marcos Ermínio)Acidente foi na Lúdio Martins Coelho com João Ribeiro Guimarães. (Foto: Marcos Ermínio)
Moto e vítima foram parar a 15 metros do local da colisão. (Foto: Marcos Ermínio)Moto e vítima foram parar a 15 metros do local da colisão. (Foto: Marcos Ermínio)

Um homem de aproximadamente 30 anos ficou ferido após a Honda Biz que pilotava ser atingida por um Honda Fit, na Avenida Lúdio Martins Coelho, esquina com a Rua João Ribeiro Guimarães, próximo a Vila da Base Aérea, em Campo Grande. A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa, e o estado de saúde dela não foi divulgado.

O motorista do carro, Cristiano Sabino disse que vinha pela Rua João Ribeiro Guimarães. Antes de cruzar a Avenida Lúdio Martins Coelho, ele olhou para o lado e viu uma pick-up distante do cruzamento e decidiu atravessar. Assim que cruzou a via colidiu com a moto. “Eu não sei de onde a moto veio. Não sei se ela estava atrás da pick-up e ultrapassou ela. Só sei que foi muito rápido”, relatou o rapaz que estava bastante abalado por conta do acidente. Ele não teve ferimentos.

Após a colisão, a motocicleta saiu da pista e invadiu a calçada, a uma distância de 15 metros do local do impacto. Havia uma poça de sangue no local em que o motociclista caiu.




O código brasileiro de transito diz que o maior deve proteger o menor....PARE não é diminua....por essas e outras que nosso transito está assim....um culpa o outro...se o motociclista foi atropelado , significa que o carro avançou....culpar a via...o outro é fácil...
Mas admitir que estava errado isso ng faz..

PS.Sou usuário de carro moto e Bike....ainda bem que esse cidadão atropelou alguém que usava capacete, pq se fosse um ciclista ou pedestre o desfecho poderia ter sido outro.
 
Ser em 18/11/2015 21:08:54
Quem anda de moto sabe bem como funciona essa estoria de "eu não sei de onde ele apareceu", a pessoa vai atravessar uma via de mão dupla, olha para um lado e já vai andando com o carro, quando o carro já está no meio da via, ele começa a olhar para o outro lado, e aí a moto surge e ninguem sabe de onde, ela já estava ali, se ele olhasse para os dois lados com o veiculo parado, ele teria visto e evitado atropelar mais um motociclista inocente.
 
Max em 18/11/2015 17:50:38
QUERO FAZER UMA RESSALVA EM FAVOR DESTE CONDUTOR, POIS TAMBÉM SOU USUÁRIO DA VIA NESTE CRUZAMENTO, E A TODO MOMENTO TEM UM MOTOCICLISTA QUE NÃO DIMINUI A VELOCIDADE PARA TRANSPOR O QUEBRA MOLA PASSANDO NOS CANTOS JUNTO A GUIA DO MEIO FIO,NO SENTIDO CENTRO BAIRRO CAUSANDO POR MUITAS VEZES O RISCO PRÓPRIO, E FAZENDO COM QUE OS VEÍCULOS QUE SAEM DO BAIRRO FAÇAM FREADAS BRUSCAS. E CONCORDO COM ELE QUE DIZ QUE NÃO VIU A MOTO E NO SENTIDO BAIRRO CENTRO POR NÃO TER QUEBRA MOLAS A VELOCIDADE É ENORME E AINDA É UMA CURVA E ESTA LÁ UM POSTE CAÍDO DE OUTRO ACIDENTE QUE O CONDUTOR DE UM CARRO DERRUBOU, E VCS VIRAM ISSO NA REPORTAGEM? VEÍCULOS TAMBÉM QUE DESSEM A RUA JOÃO R. GUIMARÃES NA CONTRA MÃO, POIS A VIA É DE SENTIDO ÚNICO BAIRRO CENTRO VEJAM A SETA. ALI SÃO VÁRIOS FATORES PARA ACIDENTES.
 
Luiz Carlos Santos Messias em 18/11/2015 17:47:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions