A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

15/07/2012 12:18

"Não tinha como ele não ver o caminhão", diz homem sobre acidente com moto

Nadyenka Castro e Paula Vitorino

Veículo fica estacionado no mesmo local há 2 anos e meio. Com o barulho do impacto, moradores acordaram

Eder Gomes, dono do caminhão baú onde Valdeci bateu e morreu. (Foto: Rodrigo Pazinato)Eder Gomes, dono do caminhão baú onde Valdeci bateu e morreu. (Foto: Rodrigo Pazinato)

“Não tinha como ele não ver o caminhão”, afirma Eder Gomes, 35 anos, dono do caminhão, que estava estacionado, onde Valdeci dos Santos, 53 anos, bateu a motocicleta que pilotava e morreu, por volta das 2h30min deste domingo, no Jardim Canguru, em Campo Grande.

Eder faz a afirmação porque o caminhão baú possui faixas refletoras e há um poste de iluminação pública na direção do automóvel.

A colisão da Shineray conduzida por Valdeci não deixou nenhum estrago no caminhão. O impacto, quase de raspão, foi na beirada do ‘baú’, perto das faixas refletoras.

Com a colisão, o capacete de Valdeci saiu e o barulho causado acordou os moradores próximos, inclusive o caminhoneiro. “O cara devia estar bêbado pra faze uma coisa dessas”, diz Eder Gomes.

Conforme Eder Gomes, o caminhão baú fica estacionado no mesmo local há dois anos e meio. Vizinho do local do acidente, Vieira dos Santos fala que sempre vê o caminhão estacionado ali e que acha não atrapalha o trânsito “pois a rua é larga”.

Homem morre ao bater motocicleta em carreta estacionada
Acidente aconteceu na madrugada, no Jardim CanguruUm homem de 53 anos morreu em acidente por volta das 2h30min deste domingo, no Jardim Canguru, em ...
Motorista colide em árvore em frente a pelotão e é preso por embriaguez
Bêbado, Josimar Paes Ovelar, 29 anos, foi preso por embriaguez ao volante após bater o carro que conduzia contra uma árvore em frente ao pelotão da P...



Enquanto não tomarem uma providência e regulamentarem a circulação dessas tais "cinquentinhas", os acidentes continuarão acontecendo. Esses veículos estão sendo despejados em nossas ruas sem nenhum tipo de documentação, não podendo ser autuados por infrações cometidas e conduzidos por qualquer pessoa sem a mínima noção de trânsito. Passou da hora de rever essa situação.
 
Gladis Caramalac em 15/07/2012 02:49:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions