A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

09/05/2017 11:30

PM que atirou em condutor após acidente terá que prestar serviços à comunidade

Viviane Oliveira e Marcus Moura
Momento em que o juiz Carlos Alberto Garcete dava a sentença do julgamento realizado nesta manhã (Foto: André Bittar) Momento em que o juiz Carlos Alberto Garcete dava a sentença do julgamento realizado nesta manhã (Foto: André Bittar)

O policial militar Kenny Willian Costa do Nascimento Rosa, 31 anos, foi condenado a prestar serviços à comunidade por ter atirado em via pública em direção a um condutor que derrubou a sua motocicleta no estacionamento de um supermercado, no dia 16 de fevereiro de 2012, no Jardim Tijuca, em Campo Grande. Ninguém ficou ferido. 

Kenny foi denunciado por tentativa de homicídio. No entanto, durante o julgamento realizado nesta terça-feira (9), na 1ª Vara do Tribunal do Júri, tanto o Ministério Público Estadual quanto a defesa pediram pela desclassificação do crime.

O pedido foi acatado pelo Conselho de Sentença, composto por seis homens e uma mulher. O PM, então, foi julgado por disparo em via pública, pois não estava em exercício da função e mesmo que a vítima tivesse arrancado com o carro, o acusado não poderia ter disparado.

Dessa forma, o policial foi condenado a 2 anos de prisão, que foi convertido em serviços à comunidade e dez dias de multa, que no final ficará em torno de um salário mínimo (R$ 937). O júri foi presidido pelo juiz Carlos Alberto Garcete. 

O caso - A vítima de 44 anos dirigia uma picape Saveiro e ao fazer uma manobra colidiu na Yamaha YBR do policial, dentro do estacionamento de um supermercado. Após a colisão, os dois motoristas decidiram ir, cada um em seu veículo, a uma oficina na região para avaliar os danos nos automóveis.

No entanto, durante o trajeto, a vítima parou três vezes e questionou ao policial onde, afinal, era a oficina. Irritado, o PM teria discutido com a vítima, sacado uma arma de fogo e disparado em sua direção, no cruzamento das ruas Nhanmbiquara com a Severino Pinheiro. O condutor fugiu e os tiros acertaram a carroceria da picape.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions