A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

28/06/2018 18:31

Vídeo mostra momento em que condutor fura sinal e mata motociclista

Liniker Ribeiro
Semáforo abriu segundos depois de moto colidir na lateral do veículo (Foto: Reprodução)Semáforo abriu segundos depois de moto colidir na lateral do veículo (Foto: Reprodução)

Imagens de uma câmera de segurança instalada no cruzamento das ruas da Paz e Paraíba, no Jardim dos Estados, indicam que o semáforo estava fechado para o condutor do veículo Hyundai I30, que colidiu com uma motocicleta Honda CG Titan 150, na madrugada de ontem (27).  Alexander Augusto da Silva, de 25 anos, pilotava a moto e morreu no acidente. O teste de alcoolemia apontou que o motorista do Hyundai estava embriagado. 

Leonardo Sequeira Dussel, de 20 anos, foi preso em flagrante e garantiu aos policias que o sinal estava verde para ele, conforme boletim de ocorrência. Mas no vídeo, o sinal verde só aparece para Leonardo após a moto colidir na lateral do carro. 

O registro também revela que o capacete da vítima escapou da cabeça após a batida e foi arremessado a metros de distância, assim como a mochila que Alexander levava. Depois da colisão, as imagens mostram Leonardo deixando o veículo e indo até o motociclista que estava no chão. De acordo com uma testemunha, ouvida na tarde de hoje (28), foi o próprio motorista que acionou o socorro.

As imagens comprovam que o condutor permaneceu no local até chegada das viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Alexander já estava sem vida no momento do socorro, que apareceu no local em menos de 10 minutos após a colisão.

As imagens já foram entregues à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, que investiga o caso.

Fiança - O motorista de 20 anos foi liberado após pagar fiança de R$ 20 mil e de colocar tornozeleira eletrônica. A decisão foi do juiz José Carlos de Paula Coelho e Souza durante a audiência de custódia realizada na manhã de ontem (27).

Leonardo só poderá sair entre 6 horas e 23 horas, de segunda a sexta-feira, conforme os horários de trabalho e faculdade do rapaz. Nos fins de semana e feriados, ele deverá ficar em casa.

Como medidas cautelares, o juiz ainda determinou a retenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de Leonardo, proibiu o motorista de frequentar “bares, boates, casas de shows e quaisquer lugares onde haja venda de bebida alcoólica” e de sair da cidade sem autorização da justiça. O suspeito ainda deve comparecer em todos os atos do processo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions