A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/06/2014 08:40

A advocacia trabalhista preventiva nas empresas

Por Janaina Bono de Oliveira Martini e Graziela Pelizer de Santana (*)

As empresas sempre estão atentas no seu crescimento financeiro, mas infelizmente, nem todas ainda o olham fazendo uma conexão com o que determina a legislação trabalhista do nosso País.

Veja Mais
Avaliação escolar: o peso de uma nota na vida do aluno
Comércio exterior: o que esperar de 2017

Algumas delas passam anos acreditando que cumprem corretamente a legislação, porém, somente visualizam a realidade, quando são surpreendidas por uma ação judicial ou por uma investigação dos órgãos fiscalizadores, o que gera impactos orçamentários consideráveis e coloca em risco a saúde financeira de seu empreendimento.

A advocacia trabalhista preventiva consiste no cuidado do empregador em manter a atuação de um advogado como um consultor, oferecendo soluções para que ele possa minorar e até mesmo evitar as demandas judiciais.

Com a orientação especializada, a empresa pode diminuir a quantidade de ações judiciais contra si, mantendo os lucros conquistados e construindo uma melhor imagem, demonstrando segurança a seus clientes e trabalhadores.

Importante mencionar o Banco Nacional de Devedores Trabalhistas, que foi criado em 2012 pelo Tribunal Superior do Trabalho, que basicamente mantém a relação de empresas que estão inadimplentes no pagamento de suas condenações perante a Justiça do Trabalho.

O referido cadastro no BNDT pode gerar diversos problemas aos empresários, como a não participação em concorrências públicas, restrição a programas de incentivos fiscais e a empréstimos junto aos bancos públicos, entre outros percalços.

Honorários periciais, custas processuais, multas advindas de autuações, penhoras de bens e na conta corrente até mesmo de seus sócios, podem ser evitados com uma simples orientação jurídica.

Com o apoio de um advogado, o empresário poderá dar efetivo cumprimento na legislação trabalhista, e assim desempenhar suas atividades de forma mais segura, assumindo menos riscos aos seus negócios.

A advocacia trabalhista preventiva é um investimento vantajoso para a empresa, com retorno certo.

(*) Janaina Bono de Oliveira Martini e Graziela Pelizer de Santana, Advogadas do Escritório Mascarenhas Barbosa Advogados Associados contato@mascarenhasbarbosa.com.br

Avaliação escolar: o peso de uma nota na vida do aluno
"Poderão esquecer o que você disse, mas jamais irão esquecer como os fez sentir." (Carl W. Buechner) Hoje, quero compartilhar uma grande decepção que...
Comércio exterior: o que esperar de 2017
Apesar das tintas carregadas com que alguns analistas têm pintado o cenário para o Brasil em 2017, em razão da crise política entre o Congresso e o P...
Tédio é a falta de projeto
Recentemente, deparei-me com duas situações. Na primeira, eu almoçava com dois amigos, ambos na faixa dos 55 anos de idade, funcionários públicos bem...
Dólar alto: bom ou ruim para o agronegócio?
Claro, depende da hora e do mercado, exportação ou de mercado interno. Agora, falando da soja, o principal produto da pauta brasileira de exportações...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions