A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

09/05/2012 08:40

A roda da abundância

Por Soeli de Oliveira (*)

O universo é potencialmente abundante. Para ter mais é preciso saber colocar a roda da abundância em movimento. A habilidade de uma pessoa para gerar riqueza e plenitude é proporcional à força com a qual ela faz a roda da abundância girar na sua vida. A roda da abundância trata da conjugação de quatro importantes verbos: DECLARAR, SOLICITAR, ARRISCAR e AGRACECER.

Veja Mais
Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
A aviação e suas regras

A roda da abundância também possui dois lados: O lado DOAR e o lado RECEBER. Não existe meia roda. As duas partes se completam para formar a roda perfeita, pois é dando que se recebe. Há pessoas que têm dificuldade em doar e em receber. São pessoas “estéreis” que se fecham sobre si mesmas. Também encontramos uma pequena minoria egoísta, que é como o mar morto, gosta só de receber e não de doar. As pessoas prósperas são as que doam e recebem com facilidade, e sendo assim, são capazes de gerar prosperidade para si e para outras pessoas com as quais se relacionam.

DECLARAR

Declarar é comunicar, anunciar, publicar. É manifestar para o universo o que você quer. E este é o primeiro passo para colocar a roda para girar. É manifestação da certeza daquilo que queremos. Nossas convicções são muito importantes se desejamos atingir um objetivo. Acredite que pode conseguir o que deseja, não importa o que digam nem as circunstâncias. Plante em seu coração esta certeza. Você sempre é o primeiro que tem que acreditar.

SOLICITAR

Solictar é pedir, orar e fazer por merecer. Antes de solicitar temos que definir precisamente o que queremos. Responda para si mesmo as perguntas: Quando pretendo alcançar este objetivo? O que faz parte dele? Existem metas desdobráveis para que eu possa alcançar este objetivo maior? Quais recursos vou necessitar? Quem são as pessoas com quem posso contar? Estas são perguntas interessantes a se fazer nesta etapa da roda. Se não pedimos, como esperamos receber alguma coisa?

ARRISCAR

Arriscar é agir é se mexer é por foco no futuro. É colocar foco na ação efetiva e no resultado. É por energia em direção aos seus sonhos. Mesmo com medo, é não deixar que o medo os domine. Quais as ações necessárias para nossas conquistas? Quanto teremos que nos dedicar? O que estamos fazendo hoje, em prol de nossos objetivos? Estacionamos em nossa zona de conforto ou estamos nos permitindo arriscar dando um passo de cada vez? Os resultados serão alcançados somente se estivermos dispostos a pagar o preço - seja ele qual for. E, com muita frequencia, também será necessário abandonar paradigmas, atitudes e pensamentos limitadores.

AGRADECER

Agradecer é demonstração de gratidão. Não somos seres isolados no mundo. Somos interdependentes, dependemos uns dos outros, assim como também somos úteis para elas. Quantas pessoas estiveram envolvidas, direta ou indiretamente em nossas conquista? Quantas dessas pessoas você agradeceu por fazer parte da sua história e por serem fundamentais para que alcançasse seus objetivos? Quanto mais se agradece o que se tem e o que se recebe, mais fácil fica conseguir mais.

Talvez, também tenha alguém que não ficou tão contente assim com alguma atitude impensada sua, ou palavras, e seria digno do seu pedido de perdão. Para pedir perdão é necessário ter grandeza de alma e a virtude da humildade. É reconhecer a importância do próximo e dar o primeiro passo para ser uma pessoa melhor. É comprender que o ser e fazer vem muito antes do ter.

DOAR

Nossos atos positivos são como o eco. Cada ação gera uma reação. Quanto mais nós nos doamos para o mundo mais receptivos nos tornamos. A doação pode ser por caridade ou generosidade. Ambas devem ser praticadas em nossas vidas. Porém, se você doa somente por caridade, estará bloqueando o fluxo da abundância, pois estará passando para o seu cérebro a mensagem que para receber deverá estar necessitando. Crie um clima de abundância pratique mais a generosidade. Seja pródigo em reconhecer o que as pessoas fazem por você, em sorrir e em elogiar as pessoas, pois estas simples ações, custam muito pouco para quem dá, mas valem muito para quem as recebe. Existe um antigo pensamento que diz que “sempre fica nas mãos o cheiro das rosas de quem as oferece”.

RECEBER

Há pessoas que tem dificuldades em receber, que gostam de fazer favores, mas não aceitam favores de ninguém. Na raiz desta dificuldade está a soberba que é o sentimento negativo caracterizado pela pretensão de superioridade sobre as demais pessoas. A soberba não é privilégio dos ricos. Os pobres também podem experimentar a soberba ao se considerarem especiais, buscando fingir serem o que não são e desta maneira bloquearem um grande fluxo de generosidades. Em sintesse, rode aceleradamente a roda da abundância e colha grandes resultados.

(*)Soeli de Oliveira é consultora e palestrante do Instituto Tecnológico de Negócios, nas áreas de marketing, varejo, atendimento e motivação. E-mail: soeli@sinos.net - Novo Hamburgo – RS.

Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
Ao fim de cada ano, realizo uma pesquisa com funcionários de empresas de todo o Brasil para avaliar quais foram as coisas que mais impactaram na prod...
A aviação e suas regras
A aviação conseguiu, em menos de um século, aproximar os continentes, as empresas e, principalmente, as pessoas. Foi uma evolução tão rápida que não ...
Lei Orgânica da Assistência Social – 23 anos
Nos últimos anos, a Assistência Social vem construindo uma nova trajetória, organizando-se sob novos padrões e afirmando-se como parte integrante do ...
Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Por dia, no Brasil, morrem em acidentes de trânsito o equivalente a ocupantes de dois aviões da Lamia, que transportava o time inteiro da Chapecoense...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions