A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

04/08/2013 14:15

A transferência da educação tradicional para a transmídia

Ricardo Padovani (*)

Assim como toda criança, sempre tive uma enorme disposição para assistir TV, jogar videogame, participar de competições e conhecer assuntos realmente interessantes e relevantes para mim. De preferência, tudo ao mesmo tempo. Já quando chegava na escola, a rotina era completamente diferente. Cadeira dura, lousa, giz e professor. Metodologias ultrapassadas com conteúdos obsoletos e entediantes. Mesmo com o passar do tempo e com a explosão da tecnologia, muitas escolas ainda mantém os velhos padrões de ensino.

Diversas pesquisas mostram que cerca de 70% dos profissionais de grandes empresas acreditam que o conhecimento mais importante é adquirido no dia a dia por meios informais, enquanto os 30% restantes acreditam que o conhecimento deve vir de maneira formal. A grande questão é: o que fazer para que as novas gerações X, Y e Z - acostumadas com informações simultâneas, colaborativas e sociais, que estão sempre conectadas - aprendam a partir destas metodologias antigas?

De uns anos pra cá, um sopro de inovação parece ter atingido a educação corporativa das principais empresas brasileiras. Surgiram termos como social learning, informal learning, blended learning, mobile learning, etc. Esses são termos e conceitos essenciais para uma nova educação colaborativa, móvel, informal e conjunta com a educação tradicional da sala de aula. É a transmídia!

Esse modelo nada mais é do que a convergência de diversos conceitos e tecnologias em um único canal, fazendo com que o usuário ganhe um importante papel de transmissor das mensagens. Assim, todo o conteúdo pode ser acessado, ouvido, discutido, compartilhado, aprimorado e assimilado a partir do seu computador, tablet ou smartphone. Dentre as metodologias utilizadas, podemos citar os artigos, e-books, audiobooks, fóruns, comunidades, vídeos interativos com animações, integração com redes sociais, podcasts, chats, entre outros.

As vantagens da educação transmídia são inúmeras: acesso fácil, rápido e de qualquer lugar, conteúdo interativo e participativo, maior assimilação e interesse do aluno. A flexibilidade de horários e a redução de custos também contribuem significativamente para que a transmídia seja um dos grandes caminhos para o desenvolvimento de pessoas.

As desvantagens são mínimas e podemos centralizá-las apenas na dificuldade de acesso a internet, o custo dos meios de acesso, e claro, a interação da sala de aula. Um grande exemplo de empresa que quebrou as barreiras da educação tradicional é a Abbott, onde um novo portal de treinamento acaba de ser implementado, utilizando pela primeira vez o LMS Sum Total.

Além das metodologias tradicionais, foram produzidos treinamentos em HTML, webconferências, podcasts, vídeo aulas, mensagens dos líderes, depoimentos, manuais, além de um canal direto entre os usuários e os gestores de treinamento, fazendo com que o aluno tenha um papel fundamental no desenvolvimento e compartilhamento do conhecimento. Tanto o portal como todo o conteúdo pode ser acessado por computador, tablet e smartphone.

Assim como a Abbott, diversas empresas e profissionais tem buscado novas soluções educacionais, encontrando assim, alternativas para que as novas gerações descubram um ambiente educacional tão rápido e inovador quanto os próprios alunos. É o futuro chegando na área da educação.

(*) Ricardo Padovani é radialista, cineasta e coordenador de projetos da SOU.

Quando, também na escola, se dialoga sobre as religiões
Temos percebido uma crescente preocupação acerca do papel social da escola e da educação que acontece neste espaçotempo. Numa perspectiva de sociedad...
19 anos de Código de Trânsito Brasileiro
No dia 22/01/17, o atual Código de Trânsito Brasileiro completa 19 anos de vigência. Após 31 Leis que o alteraram, com o complemento de 655 Resoluçõe...
Previdência Social: verdades e mentira
Com a reforma da Previdência, e já que acabaram com o Ministério da Previdência, vários ministros dispararam versões sobre o tema, mas como não sabem...
Chacina e colapso nas prisões brasileiras
Nestes poucos dias do Ano da graça de 2017, o Brasil e o Mundo viram estarrecidos o massacre brutal de cerca de pelo menos 134 detentos, dentro das p...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions