A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

07/11/2014 13:49

ENEM: uma prova que exige a leitura do mundo

Por Hérika Ribeiro dos Santos (*)

Faltando poucos dias para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, que será realizado em 8 de novembro, a ansiedade começa a bater na porta dos alunos. Afinal, serão 5h30 de provas que podem garantir uma vaga nas melhores universidades do País. Nessas 5h30, o que se exige do aluno é muito mais do que simples respostas. O Enem exige de cada estudante a capacidade de ler o mundo ao seu redor, de interpretar o que acontece na sociedade e de dar respostas que demonstrem a sua capacidade crítica e interpretativa, conectando conhecimentos de forma a construir saberes na prática social.

Veja Mais
Comércio exterior: o que esperar de 2017
Tédio é a falta de projeto

Nessa etapa final de preparação, é fundamental que o estudante mantenha o foco e tenha cautela. Passar noites e noites em claro estudando, certamente não é a melhor estratégia. O sono é benéfico para o corpo e para a mente. O tempo de duração da prova é extenso e as questões exigem uma ampla capacidade de leitura e de observação, que só o corpo e a mente descansados são capazes de dar.

O que vale a pena fazer é revisar os tópicos que são mais difíceis para cada um, pois as provas cobram a aplicação dos conhecimentos em situações práticas. Nesse sentido, as aulas especiais dão contribuições significativas porque reforçam conteúdos-chaves para a resolução das provas de forma interdisciplinar. Além disso, mostram estratégias de leitura para serem empregadas nas quatro áreas do conhecimento.

Dividir bem o tempo na hora da prova é outro ponto fundamental. O indicado é começar pelas questões que cada um considera fácil. Resolvê-las com calma vai garantir pontos preciosos. Em seguida, dedique-se àquelas que você não tem certeza e que exigirão mais tempo. À medida que a prova for sendo resolvida, as pendências também poderão se resolver, pois seu subconsciente continuará processando a questão enquanto enfrenta as outras.

É importante reservar pelo menos 1 hora para a Redação. E para se sair bem, fique atento aos temas da atualidade. Tenha em mente alguns argumentos e sua própria opinião sobre o que está acontecendo no mundo. Isto é o que faz a diferença para o avaliador do Enem. Conhecer modelos bem avaliados e os critérios de correção pode ajudar a evitar pequenos erros que acabam por comprometer a nota final.

Faça do dia da prova do Enem um dia especial e cuidadoso. Saia de casa com antecedência, planeje o caminho que vai seguir e trace rotas alternativas para o caso de enfrentar trânsito, alimente-se de forma saudável e com comidas leves, cheque se está levando os documentos e objetos necessários. Não vacile com as coisas que podem ser facilmente controladas.

Por fim, é necessário vencer a maior das inimigas: a ansiedade. Para mantê-la longe, evite falar muito no assunto nos dias que antecedem a prova, especialmente nas redes sociais. O mesmo vale para a roda de amigos e familiares. É natural que todo mundo esteja torcendo por você, mas absorver a ansiedade dos pais, amigos e namorado (a) não ajuda na hora da prova! Evite brigas, discussões e outras ações que possam alterar o seu estado emocional, especialmente no dia da prova. O fundamental é acreditar em você. Quem se preparou para esse momento ao longo de todo Ensino Médio já tem a certeza da vitória!

(*) Hérika Ribeiro dos Santos é Coordenadora Psicopedagógica do Ensino Médio no Colégio Marista de Maringá, do Grupo Marista

Comércio exterior: o que esperar de 2017
Apesar das tintas carregadas com que alguns analistas têm pintado o cenário para o Brasil em 2017, em razão da crise política entre o Congresso e o P...
Tédio é a falta de projeto
Recentemente, deparei-me com duas situações. Na primeira, eu almoçava com dois amigos, ambos na faixa dos 55 anos de idade, funcionários públicos bem...
Dólar alto: bom ou ruim para o agronegócio?
Claro, depende da hora e do mercado, exportação ou de mercado interno. Agora, falando da soja, o principal produto da pauta brasileira de exportações...
Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
Segundo pesquisas, temos contato com aproximadamente 2.000 marcas em um dia “comum” e menos de 300 delas ficam em nossa memória. Por isso, essas marc...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions