A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

02/03/2015 14:13

Hipertensão: o potássio como aliado da pressão arterial

Por Bruna Mello (*)

O potássio é um elemento de origem mineral de extrema importância para o bom funcionamento do organismo humano. É encontrado em diversos alimentos de origem animal e vegetal, além de ser um nutriente fundamental para equilibrar a acidez sanguínea. Ele também tem funções de alterar a transmissão neural, a contração muscular e o tônus vascular. Por isso, na sua deficiência, podem ser observados sintomas como fraqueza muscular, câimbras, fadiga, alterações cardíacas, anorexia e apatia mental. Produtos como álcool, cafeína, uso excessivo de sal, açúcar e até estresse crônico contribuem para a redução do potássio no organismo.

Veja Mais
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Educação e o futuro da alimentação

A ingestão de potássio ajuda a regular a pressão e ameniza a quantidade de sódio no corpo, estimulando os rins a funcionarem melhor, eliminando-o e diminuindo sua concentração no organismo. Estudos mostram que a cada ingestão de 0,6g de potássio houve uma redução de 1mmHg dos níveis pressóricos. Dietas ricas em potássio exercem efeito positivo no tônus vascular pela redução da pressão arterial. A ingestão desse mineral também provoca maior redução da pressão em relação à dieta com teor de sódio reduzido. Dessa forma, sugere-se, como uma estratégia interessante em tratamento de hipertensão, o aumento das fontes de potássio, em vez de restringir apenas o consumo de sódio. Quanto mais baixos forem os níveis de potássio no sangue, maior o risco de hipertensão.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) a ingestão diária de potássio é de 3,5g. Porém, a maioria da população consome o dobro de sódio recomendado e menos do que o ideal de potássio. A entidade recomenda o consumo diário máximo de 5 gramas de sal, o que corresponde a 2 gramas de sódio. Porém a ingestão média do brasileiro é de 12 gramas por dia.

Boas fontes de potássio são semente de girassol torrada, uva passas, amêndoas, leguminosas, como feijão e ervilha. Vegetais de cor verde-escura, como espinafre e brócolis; frutas, como banana, mamão, melão, abacate; legumes e verduras, como batata, beterraba, tomate e cenoura. Outra fonte importante de potássio são os salgantes, um tipo de sal livre de sódio e à base de cloreto de potássio.

Esse alimento funcional é indicado para hipertensos ou pessoas que precisam fazer uma dieta hipossódica porque ajuda a controlar a pressão arterial, diminuindo a retenção de líquidos. De quebra, enriquece a dieta com potássio. No entanto, para indivíduos com função renal diminuída, como insuficiência renal crônica e aqueles em tratamento hemodialítico, a ingestão de potássio deve ser menor, pois os rins não conseguem excretar adequadamente esse mineral. A ingestão deve ser monitorada de forma frequente.

Em suma, o potássio é um mineral muito importante para o bom funcionamento do organismo. Por isso, consuma alimentos fontes e mantenha sua saúde em dia.

(*) Bruna Mello é nutricionista e consultora do Bio Salgante, primeiro sal sem sódio do Brasil.

A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Crises econômicas em qualquer país do mundo ensejam debates sobre reformas. São nos cenários de recessão prolongada que as nações se defrontam com se...
Educação e o futuro da alimentação
Educação deve colaborar na preparação de todos para o pleno exercício da cidadania e, especialmente, formar os jovens para uma vida profissional que ...
Convenções internacionais e competitividade
O Brasil precisa atuar com mais critério na hora de analisar e ratificar convenções multilaterais, especialmente as negociadas no âmbito de entidades...
A Odisseia da Chape
Não tenho dúvidas de que o esporte funciona como uma metáfora da vida. As mazelas e dramas humanos estão presentes em todas as etapas da trajetória d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions