A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

07/11/2015 14:00

Ingredientes naturais conquistam o mercado de cosméticos

Por Juliana Frutuoso (*)

O mercado de produtos de beleza e higiene pessoal passou por uma grande transformação ao longo dos anos. Hoje, podemos dizer que os consumidores desse setor são mais preocupados com a origem dos produtos e, por isso, estão atentos não somente aos benefícios proporcionados, mas também aos ingredientes utilizados na formulação.

Veja Mais
Hoje eu me lembrei...
Sistema carcerário brasileiro clama por ajuda

A pesquisa Barômetro da Biodiversidade 2014, feita pela União para o Biocomércio Ético (UEBT), comprova isso: 87% das pessoas esperam que as empresas respeitem a biodiversidade; e 77% delas querem saber a origem dos ingredientes utilizados na produção. Realizado com 38 mil pessoas em 13 países, o levantamento aponta ainda que 96% dos brasileiros aparecem como os que mais compram cosméticos feitos a partir de ingredientes naturais.

Esse comportamento do mercado é o que está ajudando a transformar as indústrias cosméticas, que cada vez mais investem em inovação e pesquisa para aprimorar os ingredientes e oferecer produtos de alta performance. Para isso, apostam em soluções livres de matérias-primas sintéticas, derivadas de petróleo (como silicone e óleos minerais) ou de organismos geneticamente modificados (GMO free). Sem contar que utilizam insumos naturais obtidos por meio da agricultura orgânica, iniciativa que estimula o desenvolvimento socioeconômico, o respeito à biodiversidade e investe na utilização consciente dos recursos naturais.

Como resultado desse trabalho, já encontramos opções naturais de conservantes, emulsificantes, emolientes, antioxidantes e clareadores, que, por serem livres de compostos químicos, não oferecem riscos à saúde.

Um exemplo são os substitutos naturais dos parabenos, ingrediente utilizado como conservante na formulação de xampus, cremes hidratantes, sabonetes, desodorantes, entre outros produtos. A opção natural garante uma preservação segura, eficaz e econômica, diferentemente do sintético, cuja aplicação está associada ao surgimento de alergias e do envelhecimento precoce da pele. Existem também pesquisadores que apontam a substância como uma possível responsável pelo aumento da pré-disposição ao câncer, no entanto o tema ainda está em estudo.

Outro ingrediente natural que ganha destaque nesse sentido é o óleo de pracaxi, originário da região amazônica. O insumo possui propriedades capazes de auxiliar na redução da síntese de melanina, o que garante a diminuição da aparência de manchas, uniformiza a tonalidade e restaura a luminosidade original da pele. Seus benefícios fazem com que ele seja considerado um substituto natural do alfa-arbutin, ativo amplamente usado pela indústria e que pode apresentar efeitos colaterais indesejados, como sensibilização da pele, vermelhidão, intolerância à exposição solar, coceiras, desidratação e descamação. Além do mais, o ingrediente natural possui também benefícios anti-idade, pois estimula a produção de ácido hialurônico, polissacarídeo natural presente na pele humana com alta capacidade de retenção de água, conferindo elasticidade e viço à pele.

Com a evolução do mercado e o investimento contínuo em novas formulações, a tendência é que tenhamos cada vez mais opções naturais e orgânicas à disposição dos consumidores. Esse é um trabalho que garantirá produtos da mais alta performance e seguros. Afinal, a beleza, a saúde e o bem-estar devem caminhar juntos.

(*) Juliana Frutuoso é Gerente de Negócios da Beraca, empresa da Holding Sabará Participações especializada no desenvolvimento de tecnologias, soluções e matérias-primas de alta performance para as indústrias de cosméticos, produtos farmacêuticos e cuidados pessoais. A empresa é considerada uma das principais fornecedoras de ingredientes naturais e orgânicos provenientes da Amazônia e de outros biomas brasileiros.

Hoje eu me lembrei...
Nestes tempos conturbados que estamos vivendo, em que muitos buscam um culpado para eximir-se de suas responsabilidades, em que nos esquecemos que no...
Sistema carcerário brasileiro clama por ajuda
O ano começou com uma bomba relógio, que já ‘tic-tateava’ há muitos anos, explodindo. As rebeliões em presídios de todo o Brasil deixaram mais de 120...
Mais um ano difícil
A economia brasileira inicia 2017 com a combinação de otimismo moderado e preocupação. A perspectiva levemente otimista se fundamenta na expectativa ...
A atuação das empresas na era do talentismo
No atual cenário em que vivemos, com crise financeira em diversos países, catástrofes ambientais e diferenças sociais, engana-se quem acredita que es...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions