A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

02/11/2014 13:52

O sábio e a virtude da alma

Por Rosineia Oliveira dos Santos (*)

“Às vezes, a minha alma se eleva com a magnitude do pensamento, torna-se ávida por palavras e aspira às alturas”.

Sêneca (4 a.C.?-65d.C.) filósofo, dramaturgo e entre outras colocações, nos revelou o parágrafo acima e convida-nos a vencer os reveses da sorte, deixando de lado os prazeres, não valorizando as riquezas e eliminando aquilo que nos traz infelicidade. Afirma ainda que a felicidade se constrói por meio da razão, da retidão e da harmonia com o universo.

Alguns navegam e enfrentam os trabalhos de uma peregrinação muito longa apenas pelo prêmio de conhecer algo longínquo e oculto. É isso que reúne a multidão para os espetáculos, é isso que nos leva a buscar coisas não aparentes, a questionar as secretas e a remexer antiguidades.

Quem quer que tenha o firme propósito de se tornar útil aos cidadãos e,ao mesmo tempo para quem trabalha e produz, deverá administrar de acordo com suas condições, as dádivas valiosas da vida.
O sábio não deve ter acesso a negócio público a não ser que seja obrigado, o que se exige do homem é que seja útil ao maior número de semelhantes, se possível. Caso não consiga, sirva a poucos, ou aos mais próximos, ou a si mesmo.

Existem três modos de vida e cabe-nos questionar qual o melhor: o que se consagra ao prazer; o que se consagra à contemplação ou aquele que se dedica a ação? Em qual dessas provocações você está?
Não existe nada de tão amargo que não encontre consolo numa alma equilibrada.Penso que muitos poderiam ter chegado à sabedoria se não pensassem já serem sábios, se não tivessem dissimulado para si mesmos algumas coisas e se não tivessem passado por outras tantas com os olhos fechados.

Ou seja, estar em paz consigo mesmo, e que essa alegria não se interrompa, mas permaneça em estado plácido, sem elevar-se, sem abater-se. A isso eu chamo: tranquilidade.

Deve-se praticar a virtude em detrimento do vício para ser feliz.
Pensem!

(*) Rosineia Oliveira dos Santos, professora no complexo de ensino Andreucci e Legale Especialista em Docência do ensino superior e Psicologia Organizacional e-mail: olisanta@gmail.com

Novos pobres
Haverá, só neste ano, mais 3,6 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza. É impossível (para quem ainda consegue estar saudável dentr...
Conselhos de Gurdjieff para sua filha – II
Para quem não leu o artigo anterior, aqui vai uma breve apresentação: George Ivanovich Gurdjieff foi um místico e mestre espiritual armênio que viveu...
Uber e o vínculo de emprego com o motorista parceiro
A integração das novas tecnologias no cotidiano e nas relações trabalhistas tem criado novos litígios. A Uber, desde seu início, tem instigado intens...
Tudo é marketing
Segundo Luciano Modesto, da Agência Sete, o marketing está em tudo na empresa. Afinal, marketing não é apenas o desenvolvimento de marcas e produção ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions