A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

11/11/2016 15:13

Pão líquido, sabe o que é? Cerveja!

Por José Luiz Tejon Megido (*)

Dia 10 de novembro é o Dia Mundial do Trigo, origem do pão. Dia também de Trump marcando uma nova era nas relações mundiais, em que o agronegócio brasileiro pode sim crescer e ser valorizado como alternativa vital e fundamental para a segurança alimentar do planeta, no radicalismo competitivo que Trump efetivará com o USA all over the world.

Veja Mais
Mais um ano difícil
A atuação das empresas na era do talentismo

Em relação ao trigo, continuamos importadores, dependentes do trigo importado, inclusive do americano. Os produtores brasileiros têm uma boa safra neste ano, mas os preços estão em queda.

E não nos acertamos até agora na coordenação dessa cadeia produtiva que está presente no pão nosso de cada dia. E pergunto: “Você sabia que ao comer uma pizza está comendo parte de produto importado? Ou no café da manhã, naquele pãozinho na chapa?”.

Dependemos de cerca da metade do que o Brasil precisa hoje de trigo a cada ano. A autossuficiência em trigo não passa de piada de papeis bem-intencionados.

Está na hora da Abitrigo (Associação Brasileira da Indústria do Trigo) com a CNA (Confederação da Agropecuária Nacional), Abag (Associação Brasileira do Agronegócio), OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e dos ministros tomarem juízo e um rumo nesse cereal que tem 10 mil anos e que agora está servindo até para a indústria da ração animal no Brasil, pois os preços estão muito baixos e o milho caro.

Logo o santo trigo do nosso pão e massas vai alimentar também aves e suínos, mas com certeza, fato revelador de ausência de uma política agro industrial desse nobre e tão humano cereal.

Falta trigo e não tem preço justo de trigo em um dos maiores agronegócios do mundo. Feliz Dia Mundial do Trigo.

(*) José Luiz Tejon Megido é conselheiro fiscal do CCAS (Conselho Científico Agro Sustentável), dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM, comentarista da Rádio Jovem Pan.

Mais um ano difícil
A economia brasileira inicia 2017 com a combinação de otimismo moderado e preocupação. A perspectiva levemente otimista se fundamenta na expectativa ...
A atuação das empresas na era do talentismo
No atual cenário em que vivemos, com crise financeira em diversos países, catástrofes ambientais e diferenças sociais, engana-se quem acredita que es...
Criptografia: de arma de guerra a pilar da sociedade moderna
A estratégia permitiu que vitórias impossíveis pudessem acontecer ao longo da história. São vários os casos de pequenos exércitos vencerem batalhas c...
Sobre a liberação da venda de terras para estrangeiros no Brasil
Terra, capital e trabalho compõem a clássica tríade dos fatores de produção que embasam as análises e cálculos econômicos desde a Economia Política, ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions