A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

01/12/2016 14:35

Ponte com o futuro

Por Coriolano Xavier (*)

O agronegócio brasileiro é carta importante no jogo geopolítico mundial. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), o Brasil deverá ser oprincipal exportador mundial de alimentos da próxima década, peça chave para abastecer 80 milhões de pessoas que nascem na Terra a cada ano – a maioria na Ásia, América Latina e África. Já somos 7,3 bilhões de habitantes no planeta, população que está crescendo a 0,33% ao ano, ao mesmo tempo em que a expectativa de vida das pessoas está aumentando de modo consistente, em particular no chamado “mundo desenvolvido”.

Veja Mais
Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
A aviação e suas regras

Nosso país chegou a esse protagonismo no agronegócio com base em um modelo produtivo e de negócios assentado em tecnologia intensiva e contínua expansão da produtividade – tanto na produção vegetal como animal. Nossos índices de eficiência no campo mostram isso: nos últimos 20 anos, por exemplo, a produção brasileira de grãos cresceu a uma taxa anual de 4,8%, enquanto a área plantada cresceu 2,1% e a produtividade 2,7% ao ano¹.

Olhando para a “Produtividade Total dos Fatores de Produção” (terra, capital e mão de obra), nos últimos 40 anos o Brasil cresceu 3,5% ao ano, índice que é o dobro da performance dos EUA (1,75% a.a.), no mesmo período.

Esse modelo certamente continuará sendo uma grande alavanca para o futuro do nosso agronegócio – e também para a economia do país. Mas, talvez, isso não seja o suficiente, pois hoje os desafios da produção de alimentos, fibras e bioenergia ultrapassam a dimensãoquantitativa das safras e dos rebanhos.

Para quem olha para o agronegócio de amanhã, a ordem do dia inclui preservar a terra, criar novos padrões de defesa fitossanitária e biossegurança animal, adotar tecnologias compromissadas com o manejo sustentável dos recursos naturais, fomentar o uso racional e consciente dos insumos e fatores de produção. Isso tudo sem perder eficiência.

Essa ponte com o futuro parece que o nosso agronegócio já está construindo. No passado, combinamos produtividade e sustentabilidade através do plantio direto. Hoje, essa visão de alta produção sustentável ganha espaço por meio dos sistemas ILF ou ILPF (integração de lavoura, pecuária e floresta), da biodigestão de resíduos orgânicos e da agricultura de precisão, com seus impactos positivos para maior produção por área, enfoques conservacionistas de água e solo, racionalização de insumos e custos.

No plano estratégico dos mercados – e pensando no agronegócio global -- a visão essencial será investir em diferenciais competitivos e agregar valor, lembrando que nos mercados mais maduros (países desenvolvidos), em que o consumo de alimentos já é alto e o ritmo de crescimento populacional baixo, as melhores oportunidades de valor estão em inovação de produtos e mudança dos hábitos de consumo.

Ou seja, foco qualitativo diferenciado. No contraponto, os países em desenvolvimento (como os BRICS)² revelam-se mais dinâmicos em produtos com demanda alavancada pelo crescimento econômico ou por fluxos migratórios fortes do campo para as cidades, como ocorre hoje na China. É o caso de proteína animal como frango e suínos, ou grãos a eles associados.

(1) Projeto Agrotendências, Ivan Wedekin - Wedekin Consultores.

(2) Brasil, Rússia, India, China e África do Sul.

(*) Coriolano Xavier é vice-presidente de Comunicação do CCAS (Conselho Científico Agro Sustentável), professor do Núcleo de Estudos do Agronegócio da ESPM

Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
Ao fim de cada ano, realizo uma pesquisa com funcionários de empresas de todo o Brasil para avaliar quais foram as coisas que mais impactaram na prod...
A aviação e suas regras
A aviação conseguiu, em menos de um século, aproximar os continentes, as empresas e, principalmente, as pessoas. Foi uma evolução tão rápida que não ...
Lei Orgânica da Assistência Social – 23 anos
Nos últimos anos, a Assistência Social vem construindo uma nova trajetória, organizando-se sob novos padrões e afirmando-se como parte integrante do ...
Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Por dia, no Brasil, morrem em acidentes de trânsito o equivalente a ocupantes de dois aviões da Lamia, que transportava o time inteiro da Chapecoense...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions