A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

15/08/2013 08:24

Qual é o perfil ideal de um franqueador?

Por José Carlos Fugice Jr. (*)

Ao longo dos últimos anos um determinado assunto tem chamado muito a atenção dos franqueadores mais experientes. Trata-se do perfil ideal do franqueado. Muito se fala a respeito das características ideais de um franqueado. Mas será que existe um perfil adequado de um franqueador ideal?

Veja Mais
Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Um galo para Asclepius

Em um jogo de tentativas e erros muitos franqueadores tiveram boas e más experiências com suas respectivas redes franqueadas. Dentre as experiências ruins, no geral, chegou-se à conclusão de que o sucesso da franquia está ligado diretamente ao perfil deste franqueado.

O franqueado gosta de pessoas? Já teve experiência anterior em atendimento de cliente? Possui a capacitação mínima necessária para gerir o negócio? Tem afinidade com o ramo de atuação? Gosta do produto e serviço que irá comercializar? Possui as habilidades comportamentais adequadas?

Estes são alguns exemplos que refletem a realidade atual do processo seletivo de muitas redes franqueadas. Em suma, o processo seletivo tem se tornado cada vez mais importante no sucesso e na longevidade das operações franqueadas, o que contribuiu para o aumento da rigidez da avaliação do perfil dos investidores interessados no negócio.

Que o perfil do franqueado é importante, não temos dúvida. A dúvida que temos é: o quão importante é o perfil do franqueador para o sucesso do franqueado? O franqueador está de fato comprometido com o resultado do franqueado? Possui a estrutura necessária para dar suporte à rede? Cumpre o que promete? Estabelece um relacionamento ganha-ganha? Envolve a rede franqueada nas decisões estratégicas?

Enfim, perguntas como estas costumam ser ignoradas no momento da investigação que a maioria dos investidores faz na busca de um negócio ideal. É compreensível que isto ocorra. Afinal, quem nunca teve o sonho de ter um negócio próprio?

Via de regra, no momento da pesquisa por uma franquia, o investidor está muito próximo de realizar este grande sonho e acaba negligenciando o processo de seleção do seu franqueador. Essa desatenção, digamos assim, pode refletir negativamente no bom andamento no negócio.

Infelizmente, o franqueador está longe de entregar um sonho. Na prática, ele entrega realidade! E esta realidade não é tão romântica e perfeita quanto os sonhos acalentados tanto por ele, franqueador, quanto pelo franqueado.

Nesse sentido, vale relacionar algumas dicas sobre o que você deve considerar na busca de sua franquia ideal.

• Mais importante do que o aspecto financeiro, busque uma franquia que se adéque ao seu perfil. Lembre-se que você terá que trabalhar e se não tiver as características e competências básicas, pode comprometer a performance do negócio.

• Ser cliente fiel de uma determinada marca não presume que você tenha afinidade para trabalhar no mesmo segmento. Busque mais informações sobre o dia a dia da operação e do segmento. A sua motivação será a sua maior fonte de energia para mover o seu negócio ao sucesso.

• Converse com os franqueados atuais, pois eles poderão transmitir-lhe informações preciosas, desde o suporte do franqueador até sobre o dia a dia da gestão deste negócio.

• Busque franqueadores que demonstrem ser parceiros de seus franqueados e não chefes!

• Questione o franqueador sobre os números apresentados. Informações sobre o retorno do investimento, lucratividade e rentabilidade da operação precisam estar bem embasadas. Lembre-se que o Excel aceita tudo!

• Tenha certeza de que o capital disponível é suficiente para abrir o seu negócio. No início da operação, a sua franquia pode precisar de um oxigênio financeiro adicional. Esteja preparado.

• Não tenha pressa. A afobação é o pior inimigo da racionalidade. Pense com calma e avalie todos os riscos e oportunidades deste novo negócio. A decisão precisa estar madura antes de abrir a sua franquia.

• Identifique se os princípios e valores que o franqueador defende estão alinhados com o seu.

Por fim, lembre-se que você é tão importante para o franqueador quanto ele é para você. A parceria entre você e o franqueador será fundamental para o sucesso do seu negócio. Pesquise, avalie, pesquise novamente e avalie mais uma vez sobre qual é o perfil do franqueador. Reflita: ele tem o perfil ideal para você?

(*) José Carlos Fugice Jr é administrador de empresas especializado em franquias e varejo com MBA em administração de empresas pelo CEAG FGV/SP, com experiência em mais de 150 projetos de franquias. É sócio-fundador da GoAkira Consultoria Empresarial.

Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Por dia, no Brasil, morrem em acidentes de trânsito o equivalente a ocupantes de dois aviões da Lamia, que transportava o time inteiro da Chapecoense...
Um galo para Asclepius
Sócrates, o filósofo ateniense, cujos preceitos influenciaram o pensamento ocidental de forma muito marcante e definitiva, tinha uma característica: ...
Tiro no pé ou tiro na mão?
Embora a economia do País tenha dado tímidos sinais de recuperação nos últimos tempos, a verdade é que ainda precisamos avançar mais e com velocidade...
Avaliação escolar: o peso de uma nota na vida do aluno
"Poderão esquecer o que você disse, mas jamais irão esquecer como os fez sentir." (Carl W. Buechner) Hoje, quero compartilhar uma grande decepção que...



Estou almejando ser uma franqueadora de uma marca de produtos country , roupas , etc...mas não tenho pressa, que primeiro estudar , e ver as possibilidades de tornar isto uma realidade.....Existe cursos que orientem, e preparem um franqueador.....?
 
Alex Marli Dias em 23/08/2013 22:36:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions