A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

06/08/2015 14:03

Verdade ou mito: sorvete no frio faz mal?

Por Filomena Benfatti (*)

Pra quem não abre mão de uma sobremesa, o sorvete é sempre uma boa ideia. Prático, saboroso e tem uma variedade de opções incríveis, sendo praticamente impossível enjoar!

Veja Mais
Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo

Mas, quem nunca ouviu falar que tomar sorvete no inverno dá dor de garganta? Tanto as avós tradicionais quanto as mais moderninhas não cansam de repetir a sentença que, para os amantes da sobremesa, é uma tristeza só. Mas será mesmo que tomar sorvete no frio faz mal à saúde?

Na verdade, para a alegria geral dos brasileiros, que consomem cada vez mais a sobremesa, o ditado é apenas um mito repassado de geração a geração.

Segundo especialistas, o número de casos de gripe, resfriado e dor de garganta aumentam no inverno, mas não existe nenhuma relação com o consumo de sorvetes durante a estação. O aumento de doenças das vias aéreas está associado a baixa umidade, poluição e muitas vezes a má proteção contra o frio. O consumo de gelados inclusive é recomendado no pós-operatórios em cirurgias ou traumas das vias aéreas superiores (operação de amígdalas, extrações e implantes dentários, etc.).

Para você ter uma ideia, a Itália é um dos principais fabricantes de gelatos do mundo. Já na Suíça, o consumo per capita é de 14.4 litros por ano, enquanto que no Brasil, nos últimos dez anos, o consumo aumentou mais de 80%, e somente no ano passado que fomos atingir a média de 3 litros por ano por pessoa. Dados da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvete.

Se eu ainda não te convenci e você prefere não abusar muito da sorte, uma ótima opção é o Petit Gateau, um delicioso bolinho de chocolate, recheado com uma calda cremosa e acompanhado por uma bola de sorvete de creme.

E, então? Vai conseguir resistir?

(*) Filomena Benfatti é formada em engenharia de alimentos e vice-presidente de inovação da Blend Coberturas.

Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
Segundo pesquisas, temos contato com aproximadamente 2.000 marcas em um dia “comum” e menos de 300 delas ficam em nossa memória. Por isso, essas marc...
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Crises econômicas em qualquer país do mundo ensejam debates sobre reformas. São nos cenários de recessão prolongada que as nações se defrontam com se...
Educação e o futuro da alimentação
Educação deve colaborar na preparação de todos para o pleno exercício da cidadania e, especialmente, formar os jovens para uma vida profissional que ...
Convenções internacionais e competitividade
O Brasil precisa atuar com mais critério na hora de analisar e ratificar convenções multilaterais, especialmente as negociadas no âmbito de entidades...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions