A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

25/03/2014 14:07

Viva o seu tempo

Por Eduardo Shinyashiki (*)

O tempo é parte da nossa vida e da sociedade. Não podemos viver fora dele ou sair dele, mas podemos torná-lo nosso aliado ou inimigo. Isso vai depender da percepção subjetiva e do uso que cada indivíduo faz dele.

Existem momentos em que conseguimos administrar o tempo com sabedoria, de forma planejada. Já em outras situações, a falta de tempo e a pressão exercida sobre nós, geram desequilíbrio pessoal, acarretando em estresse e ansiedade.

Uma das queixas que mais ouço nas empresas e nas consultorias organizacionais é sobre a escravidão do tempo e como ele se torna opressivo no dia a dia. Mas será que é o tempo que exige muito de nós ou nós que não entendemos a importância que o tempo tem?

No cotidiano é comum ouvirmos frases como “O tempo voa”, “Não tenho tempo”, “Meu tempo não rende” e “Preciso de mais horas no meu dia”. Com isso, a percepção de que o tempo nunca é suficiente e que o dia passou sem percebermos, se torna generalizada. Nesse contexto, prevalece a sensação de que atividades, trabalhos e compromissos foram deixados para trás.

Se enxergarmos o tempo apenas como prazos, datas e anos de vida que se passam, consequentemente iremos viver em um ciclo contínuo de angústia, pois essa visão superficial do tempo pode nos tornar reféns dele e ainda nos fazer sentir dominados, entrando num estado de constante sofrimento e falta de esperança.

Se passarmos a notar o tempo como aliado, como oportunidades que se apresentam no decorrer da vida, momentos decisivos e possibilidades únicas, temos como olhar para o relógio de outra forma, percebendo que tudo ao redor está em movimento, e o “hoje” vira “ontem” e tudo passa e se transforma cumprindo a ordem natural da existência.

Viver o tempo sob esse ponto de vista nos permite perceber que tudo é constante mudança e transformação e que o transcorrer do tempo é o transcorrer da vida, assim como é natural o caminho do homem: evoluir continuamente tendo a opção e a possibilidade de mudar hábitos e crenças limitantes e adquirir novos conhecimentos e competências. Viva o seu tempo, pois ele é esperança, liberdade e oportunidade para evoluir, criar, crescer e aprender.

(*) Eduardo Shinyashiki é presidente da Sociedade Cre Ser Treinamen ntos, além de palestrante, consultor organizacional, especialista em desenvolvimento das Competências de Liderança e Preparação de Equipes e escritor e autor de importantes livros, como Transforme seus Sonhos em Vida, da Editora Gente, sua publicação mais recente. Para mais informações, acesse www.edushin.com.br.

Sobre o mercado e o governo
O homem primitivo acordava de manhã, saía para coletar frutas, abater animais e pescar peixes, e assim ele se alimentava. Ao fim do dia, cobria-se co...
Logística reversa: pensamento sustentável pelas gerações futuras
Incertezas são o que mais temos, porém ideias norteadoras e essenciais para a construção de um futuro mais sustentável já existem. Não podemos ignora...
Quando, também na escola, se dialoga sobre as religiões
Temos percebido uma crescente preocupação acerca do papel social da escola e da educação que acontece neste espaçotempo. Numa perspectiva de sociedad...
19 anos de Código de Trânsito Brasileiro
No dia 22/01/17, o atual Código de Trânsito Brasileiro completa 19 anos de vigência. Após 31 Leis que o alteraram, com o complemento de 655 Resoluçõe...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions