A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

04/09/2012 07:00

Você pratica a etiqueta empresarial?

Jogo Aberto

Sentir-se bem no ambiente corporativo está longe de descuidar de sua aparência, da sua pontualidade e principalmente de ser educado. Uma boa dose de educação não faz mal a ninguém. Mas no ambiente de trabalho, o cuidado com o comportamento deve ser redobrado. Afinal, somos o nosso próprio cartão de visitas, ao vivo e a cores!

Veja Mais
Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo

Por isso mesmo surgiu a “etiqueta corporativa”, que representa um conjunto de regras que estabelecem a maneira de comportar-se no ambiente de trabalho, seja com pares, liderados ou superiores, em reuniões ou até mesmo em eventos. E faz diferença ter uma boa apresentação pessoal?

Sim, faz! Pois o resultado da sua capacidade de apresentar-se bem em todas as situações ligadas ao mercado de trabalho, representam o efeito do balanceamento ideal entre o bom senso e o profissionalismo. Entender a necessidade de comportar-se adequadamente no ambiente corporativo e de que o mesmo é voltado exclusivamente para tarefas de trabalho é essencial para quem quer ser levado a sério.

Para ajudar, listarei algumas das falhas mais comuns quanto à etiqueta empresarial. Afinal, nunca é demais conhecê-las.

Ferramentas de trabalho: fazer bom uso das ferramentas disponibilizadas pela empresa, como e-mail, internet, telefone etc, representa usá-las com parcimônia e dentro das regras, sem abusos. Por exemplo, nada de usar o e-mail para trocar piadinhas ou divulgar vídeos e fotos. A internet também é um risco, pois é uma fonte de pesquisa que deve ser usada para atividades relacionadas ao seu trabalho. Da mesma forma, o uso do telefone deve ser restrito a ligações profissionais, evitando-se o uso para ligações particulares, salvo em situações de extrema necessidade. Enfim, o uso indevido das ferramentas consome um grande tempo do seu trabalho, além de tirá-lo do foco, comprometendo inclusive sua produtividade.

Vestimenta: a maneira de se vestir também é muito importante e reflete sua personalidade. No caso das mulheres, que possuem uma gama maior de opções de vestuário, sempre é um desafio fazer a escolha certa! Portanto, devem-se evitar transparências, decotes e roupas justas. Os homens devem evitar roupas esportivas. Mesmo às sextas-feiras, no casual day dos escritórios, você precisa ter em mente que aquele é o seu ambiente de trabalho. Então, tudo bem usar uma calça jeans, mas nada de bermuda ou minissaia ou camisetas largas e velhas. Aqui, a sua imagem fica em evidencia e pode depor contra ou a seu favor!

Reuniões: o primeiro ponto é não chegar atrasado. Outra questão é não deixar o celular ligado e, atender, nem pensar! Só de colocá-lo sobre a mesa, já indica que a ligação ou mensagem é mais importante que o assunto ou mesmo as pessoas que estão presentes na reunião. A maneira de se colocar também é bastante importante, por isso, deixe seus colegas falarem, pratique o saber ouvir, não atropele e tenha em mente que em algum momento, todos terão a oportunidade de expressar suas ideais e opiniões.

E você, já pratica a etiqueta empresarial? Preste atenção e olhe mais para si. Tenha em mente a importância da sua imagem no mundo corporativo!

(*)Elaine Lombardi é consultora da M&S, consultoria especializada em desenvolvimento humano.

Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
Segundo pesquisas, temos contato com aproximadamente 2.000 marcas em um dia “comum” e menos de 300 delas ficam em nossa memória. Por isso, essas marc...
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Crises econômicas em qualquer país do mundo ensejam debates sobre reformas. São nos cenários de recessão prolongada que as nações se defrontam com se...
Educação e o futuro da alimentação
Educação deve colaborar na preparação de todos para o pleno exercício da cidadania e, especialmente, formar os jovens para uma vida profissional que ...
Convenções internacionais e competitividade
O Brasil precisa atuar com mais critério na hora de analisar e ratificar convenções multilaterais, especialmente as negociadas no âmbito de entidades...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions