A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 01 de Setembro de 2014

21/11/2012 23:30

Dono de jornal é executado em frente de casa, no bairro Giocondo Orsi

Marta Ferreira e Nyelder Rodrigues
Eduardo Carvalho chegava em casa quando foi alvejado. (Foto: Reprodução Facebook)Eduardo Carvalho chegava em casa quando foi alvejado. (Foto: Reprodução Facebook)

O dono do jornal eletrônico Última Hora News, Eduardo Carvalho, 52 anos, foi executado nesta noite em Campo Grande. O crime aconteceu na rua Cláudia, no bairro Giocondo Orsi, em frente à casa de Carvalho.

Veja Mais
Vídeo pode ajudar a solucionar caso de execução de dono de jornal
Escola é reformada pela primeira vez após 28 anos de construção

As informações apuradas indicam que dois homens em uma motocicleta foram os responsáveis pela execução. Eles esperavam pela vítima no local e um deles disparou contra Carvalho, que morreu no local.

Ele chegava em casa com a mulher, em um veículo Fusion. Enquanto a mulher foi estacioná-lo na garagem, Carvalho desceu e foi guardar a moto, que sempre deixava para fora. Neste momento, foi alvejado.

O Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) foi acionado, mas quando chegou ao local, a vítima estava morta. Policiais civis, militares e bombeiros estão no local. Familiares também estão no lugar do crime.

Testemunhas ouviram entre três e cinco disparos. A vítima tinha cinco perfurações, e cápsulas calibre .45 foram encontradas na rua.

A hipótese inicial de que a dupla de moto voltou depois de atirar para conferir se a vítima estava morta foi afastada e a mais cogitada agora é que eles tenham voltado para buscar um cartucho da pistola que deixaram cair no momento do crime. Os bandidos fugiram em direção à Via Parque. 

Eduardo Carvalho era ex-policial militar. Ela havia sofrido um atentado anterior, quando estava no carro com a filha. O jornal que ele comandava costumava publicar matérias polêmicas e criar desafetos.

(atualizado às 01h30 para acréscimo de informações)



Melhor seria se todos morressem de velho. É muito triste ver essas coisas, mas o site da vítima é repleto de fotos de pessoas assassinadas que tiveram suas memórias ofendidas e suas famílias atacadas. A bem da verdade, a liberdade de expressão é sagrada, mas deve ter limite e esse limite é a verdade.
 
Madeleine Rodrigues em 23/11/2012 20:25:05
Tudo como antes no reino de Abranches. O crime de pistolagem está de volta com força total no MS.O pior é que jornalistas tem sido vítima primeira de tais eventos. Ainda mais se ousarem em publicar algumas verdades sobre "poderosos".Com isso o direito à informação também sofre atentados. O mais grave é que tais crimes por aqui ( MS) são perfeitos pois ficam insolúveis.
 
Edgar Calixto Paz em 22/11/2012 18:21:17
Não quero polemizar, mas é importante ressaltar, principalmente para quem não é dá imprensa ou do meio político, o Carvalhinho não poderia nem ser chamado de jornalista, as técnicas que usava e os objetivos, francamente... Deve ser respeitado, mas não é porque morreu que virou santo.

 
Renato Rios de Fan em 22/11/2012 09:48:58
Henry,
Eu, que não tenho nenhuma proximidade com a vítima, me senti ofendida com seu comentário, imagine a família e amigos. Da próxima vez, não perca a oportunidade de ficar calado. Você pode não admirá-lo, mas DEVE respeitá-lo!
 
Carolina Gonçalves em 22/11/2012 09:31:01
Infelizmente, Mato Grosso do Sul, dentre outros estados do Norte e Nordeste, quem fala demais amanhece com a boca "cheia de formiga". Como dizia meu avô: " com quem tem dinheiro e poder não se brinca". Mais um jornalista assassinado. Está na hora de ser divulgado o número dos casos de "pistolagens" neste estado nos últimos tempos, em especial de jornalistas... teve o Edgar Antonio de Farias, o Escaramuça, que até hoje não foi esclarecido. Será que o ex PM, Paulo Carvalho, será mais um?
 
José da Silva Ramão Soares em 22/11/2012 08:38:35
QUEM VIVE DE CHANTAGEM E EXTORÇÃO, NAO PODERIA TER OUTRO FINAL ... ESSE ERA UMA VERGONHA PRA COMUNICAÇÃO DO MS... FOI TARDE!
 
HENRY DAVIS LUZARDO SOUZA em 22/11/2012 07:44:19
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions