A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

20/10/2016 07:11

Homem esfaqueado durante protesto de trabalhadores tem 67 anos

Viviane Oliveira
Moradores fecham rua durante protesto em bairro. (Foto: Direto das Ruas) Moradores fecham rua durante protesto em bairro. (Foto: Direto das Ruas)

Foi identificado como Getúlio Rodrigues da Luz, 67 anos, o homem esfaqueado durante protesto contra atraso de salários de construção de casas, na tarde de ontem (19), na Avenida dos Cafezais, próximo à ponte, no Jardim das Macaúbas, em Campo Grande.

Veja Mais
Sem receber, moradores fecham rua em protesto e homem é esfaqueado
Sonho de morar melhor foi embora com Ong 'sem teto', dizem moradores

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia de Trânsito companhava o protesto dos moradores, quando foi avisada de que havia uma pessoa ferida. Getúlio foi encontrado caído em casa e com ferimento de faca no braço esquerdo. Ele relatou que o autor é conhecido na região como Sandro, mas não disse mais detalhes. O motivo da tentativa de homicídio não foi informado. 

Após o crime, o suspeito fugiu com a faca em mãos para uma área de mata. Os policiais fizeram rondas, mas não conseguiram encontrá-lo. A vítima foi encaminhada pelos moradores à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário.

Protesto - Trabalhadores contratados para construção das próprias casas na antiga favela Cidade de Deus continuam sem receber os salários. Nesta quarta-feira (18), moradores que foram remanejados para o Jardim Canguru voltaram a fechar trecho de uma rua em protesto.

Eles aguardam o posicionamento da Morhar Organização Social, responsável por fornecer material e o pagamento. Na terça-feira (19), o protesto ocorreu na BR-262, que teve o trecho próximo do anel viário, em frente ao aterro sanitário, bloqueado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions